> > >

Pesquisar este blog

segunda-feira, 28 de julho de 2008

ANOTAÇÕES de igMANDATO (IGREJA-MANDATO) a inSENTENÇAS (INQUISIÇÃO-SENTENÇAS...)

a
É somente na Santa Igreja Católica que acontecem milagres verdadeiros capazes de serem examinados pelos mais sofisticados meios de análises sem que se posssam identificar quais os agentes naturais que os produziu.

NERON

(Continuação de ig)


igMANDATO - "Temos ouvido que alguns dentre nós vos têm perturbado com palavras, transtornando os vossos espíritos, sem lhes termos dado semelhante incumbência" (Atos dos Apóstolos 15, 24)

igMILAGRES VERDADEIROS - É somente na Santa Igreja Católica que acontecem milagres verdadeiros capazes de serem examinados pelos mais sofisticados meios de análises sem que se possam identificar quais os agentes naturais que os produziu.


Em contrapartida, em todos os demais grupos religiosos, nunca se obteve passar por esta prova um único de seus milhares de "milagres" sem que se descubra que tudo não passa de maracutaia ou de enganos.

Com efeito, o catolicismo jamais falhou em tudo o que ensina. Os céus confirmam tudo o que ensina, pois ele é a única Igreja instituída por Cristo Jesus.

igMISTÉRIO - "... somos membros de seu corpo. Por isso, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois constituirão uma só carne (Gn 2,24). Este mistério é grande, quero dizer, com referência a Cristo e à Igreja". (Ef 5,30-32).

igNOME - 1 - "CATÓLICA" - "Onde quer que se apresente o bispo, ali também esteja a comunidade, assim como a presença de Cristo Jesus também nos assegura a presença da IGREJA CATÓLICA. Sem o bispo, não é permitido nem batizar nem celebrar o ágape. Tudo, porém, o que ele aprovar será também agradável a Deus, para que tudo quanto se fizer seja seguro e legítimo." (Inácio de Antioquia-Martirizado em 107 d.C. Carta aos Esminiotas-Cap.8)É a unidade entre os seguidores de CRISTO a prova incontestável da sua divina missão, como claramente atesta Jo 17,21:"Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti. Que eles também sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste".Portanto, a Igreja deve ser unida, para que ela seja visível!"NELAS há, porém, ALGUMA COISA DIFÍCIL DE COMPREENDER, que as PESSOAS POUCO INSTRUÍDAS ou pouco firmes DETURPAM, como fazem também com as outras escrituras, PARA sua PRÓPRIA RUÍNA" (2Pd 3, 15-16).É isto o que os protestantes/evangélicos fazem. Logo, quem somos nós para ficarmos fundando igrejinhas por aí, simplesmente para atender aos insanos e inexplicáveis desejos de um grupo particular de pessoas? Onde na Bíblia está escrito que DEUS dá autoridade para qualquer um funda uma "Igreja"?A esse respeito, São Judas nos alertou em sua epístola:"São estes os que causam divisões; são sensuais, e não têm o Espírito" (Jd 1,19);são estes os falsos profetas, os falsos mestres que nos vêm "disfarçados de ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores" (Mt 7,15), falsos apóstolos disfarçados em Apóstolos de CRISTO (cf. 2Cor 11,13), e cuja finalidade é fazer sinais e prodígios, para, se possível, enganar até mesmo os escolhidos (cf. Mt 24,11. 24), para nos escravizar com suas heresias destruidoras (Gl 2,4; 2Pd 2,1); estes saíram de nós, mas não eram dos nossos (cf. 1Jo 2,19), pois rejeitam toda a autoridade e blasfemam as dignidades (cf. Jd 1,8).A IGREJA DE CRISTO deverá ser UNIDA e pregar somente UMA VERDADE, ao contrário do que acontece nas "igrejas" evangélicas, em que cada um acredita ser inspirado pelo Espírito Santo quando interpreta as Sagradas Escrituras, o chamado "livre-exame", e quando surgem diferenças doutrinárias é feita uma nova denominação.O que o PROTESTANTISMO fez é um CRISTIANISMO INDIVIDUALISTA focado em uma relação pessoal com CRISTO EXCLUINDO qualquer NECESSIDADE da IGREJA ou outra organização visível. Mas, se a Igreja não fosse necessária CRISTO não teria fundado uma (Mt 16,18) '

FILME "LUTERO" - UMA BOA E GROSSA MENTIRA

igNOME - 2 - CATÓLICA - IGREJA PRIMITIVA - INÁCIO DE ANTIOQUIA - "Considerai legítima a EUCARISTIA [missa] realizada pelo bispo ou por alguém que foi encarregado por ele. Onde aparece o bispo, aí esteja a multidão, do mesmo modo que onde está Jesus Cristo, aí está a IGREJA CATÓLICA" (Inácio de Antioquia, bispo cristão martirizado por volta de 107 d.C. por sua fidelidade a Cristo - Carta aos Esmirniotas cap. 8) ' igCATÓLICA - São Cipriano em 249, já dizia: "E não há para os fiéis outra casa senão a Igreja Católica." (Sobre a unidade da Igreja, cap.4).

igNOME - 3 - CREDO MENCIONADO EM SITES PROTESTANTES - Os evangélicos fazem menção ao Símbolos dos Apóstolos que fala claramente "CREIO ... NA SANTA IGREJA CATÓLICA...":
"Através dos séculos, os cristãos ortodoxos [que guardam a ortodoxia dos santos apóstolos] sempre confessaram o credo dos apóstolos: "Creio na ressurreição da carne".
http://www.cacp.org.br/ressurreicao.htm

igNOME - 4 - RECEBEU O NOME DE " CATÓLICA" somente no ano 381 , no Concílio de Constantinopla com o decreto " CUNCTOS POPULOS" dirigido pelo Imperador Romano Teodósio. http://arquivos10.tripod.com/id20.html

igOUVIR - 1 - "... se recusar ouvir também a Igreja, seja ele para ti como um pagão e um publicano." (São Mateus 18,17)

igOUVIR - 2 - "Quem vos ouve, a mim ouve; e quem vos rejeita, a mim rejeita; e quem me rejeita, rejeita aquele que me enviou. (São Lucas 10,16)

igPORTAS DO INFERNO - "E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela. " (São Mateus 16,18)

igPROSTITUTA - APOCALIPSE CAP.17 - Sabemos que o capítulo 17 do Apocalipse se refere nada mais e nada menos que à Roma idólatra no que é muito bem identificada como também é identificado um dos seus imperadores, César Nero, pela soma dos valores numéricos das letras (em hebraico) de seu nome que é 666. Nada a ver com o Papa, nada a ver com a Igreja Católica Apostólica Romana. Cada livro da Bíblia foi escrito e destinado, em primeiro lugar, ao povo contemporâneo, da mesmo época, e só, em segundo lugar poderia conter alguma profecia, referente aos tempos futuros. Assim, João Evangelista escreveu o Apocalipse para os cristãos da Ásia Menor, perseguidos pelo cruel César Nero e seus sucessores, predizendo-lhes a vitória final de Cristo sobre eles. Ora, estes cristãos não entendiam o latim, senão o grego e o aramaico - (E se por acaso descobrissem, na tradução latina, esta acusação contra o Papa, iriam rejeitá-la como calúnia diabólica; pois tanto São Pedro, como os 30 primeiros Papas dessa época, foram todos martirizados por sua fidelidade a Cristo). Porém, eles facilmente calcularam o nome grego de César Nero (NVREN RASEQ - lido da direita para a esquerda). em caracteres hebraicos, desta maneira: N--V--R--E--N----R--A--S--E--Q 50+6+200+ 50+200+ 60+ 100 = 666 Cesar Nero, sim, exigia para si as honras divinas e mandou matar os Apóstolos Pedro e Paulo e milhares de outros cristãos. O mesmo faziam alguns de seus sucessores.



TRANSLITERAÇÃO do nome do Imperador Romano
para os caracteres hebraicos


igRELIGIÃO NÃO! SÓ JESUS É A SALVAÇÃO - Esta é mais uma bobagem protestante.
Todo homem religioso... pratica os preceitos de sua religião:
"... Era religioso; ele e todos os de sua casa eram tementes a Deus. Dava muitas esmolas ao povo e orava constantemente" (Atos dos Apóstolos 10,2)
O homem sem fé, o malvado, aquele que merece punição é na Bíblia considerado IRRELIGIOSO:
"e se tenha em conta que a lei não foi feita para o justo, mas para os transgressores e os rebeldes, para os ímpios e os pecadores, para os irreligiosos e os profanadores, para os que ultrajam pai e mãe, os homicidas" (I Timóteo 1,9)
A religião verdadeira tem tudo a ver com a prática da virtude:
"(Se alguém pensa ser piedoso, mas não refreia a sua língua e engana o seu coração, então é vã a sua religião"(São Tiago 1,26)
A religião verdadeira se manifesta pelas obras de caridade:
"A religião pura e sem mácula aos olhos de Deus e nosso Pai é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas aflições, e conservar-se puro da corrupção deste mundo. " (São Tiago 1,27).

igROMA ENXERTADO NO LUGAR DE ISRAELJESUS ELEGEU ROMA COMO SEDE DA IGREJA E DO REINO DE DEUS.

“… A sé apostólica, está, por ordem de Deus, estabelecida sobre todas as Igrejas…” (Papa São Gregório Magno Livro III, Carta XXX ao Sub-diácono João).

Segundo as Escrituras a Sede do Reino de Deus foi confiado especificamente à Igreja Romana.

JESUS DIZ A ISRAEL:

Mt 21,43: “Por isso vos digo: SER-VOS-A TIRADO O REINO DE DEUS,E SERÁ DADO A UM POVO que produzirá os frutos dele”.
ROMA FOI ENXERTADA NO LUGAR DE ISRAEL.
SÃO PAULO DIZ À IGREJA ROMANA:
Romanos 11,17: “Se alguns dos ramos foram cortados, e se TU, oliveira selvagem, FOSTE ENXERTADA EM SEU LUGAR e agora recebeste seiva DA RAIZ da oliveira”.
Tão grande é a responsabilidade colocada nas mãos desta Igreja que o Apóstolo disse:
Romanos 11,19: “Dirás, talvez: ‘os ramos foram cortados para que eu fosse enxertada’”. 
Ele ainda reforça seu discurso exortando os romanos para que não se envaideçam devido a essa entrega (Rm 11,18). A junção dessas duas passagens não deixam brechas. Em Mt 21,43 Jesus diz que vai tirar o Reino de Israel e dar a outro povo, em Rm 11,17 São Paulo diz aos romanos que eles foram enxertados no lugar de Israel. E em Mt 21,43 Jesus acabara de contar a parábola dos lavradores homicidas. Analisemos o contexto:
A vinha (O reino de Deus) a qual primeiramente estava com OS JUDEUS foi entregue por DEUS À IGREJA ROMANA.
Mt 21,38: “Os LAVRADORES (JUDEUS), porém, vendo o filho, disseram uns aos outros: Eis o herdeiro! Matemo-lo e teremos a sua herança!”.
40: “[...]quando voltar o senhor da vinha, que fará ele ÀQUELES LAVRADORES?”.
41: “[...]Mandará matar sem piedade aqueles miseráveis e ARRENDARÁ SUA VINHA A OUTROS LAVRADORES” (ROMANOS, cf. Rm 11,17) que lhe pagarão o produto em seu tempo”.
42: “Jesus acrescentou:[...] A pedra REJEITADA PELOS CONSTRUTORES(JUDEUS) tornou-se a pedra angular;[...]”.
Mt 21,43: “Por isso vos digo: SER-VOS-A TIRADO O REINO DE DEUS,E SERÁ DADO A UM POVO que produzirá os frutos dele”.
A IGREJA DE ROMA FOI ENXERTADA NO LUGAR DE ISRAEL.
SÃO PAULO DIZ À ELA:
Romanos 11,17.19: “Se alguns dos ramos foram cortados, e se TU, oliveira selvagem, FOSTE ENXERTADA EM SEU LUGAR e agora recebeste seiva DA RAIZ da oliveira. PODERÁS DIZER: ‘OS RAMOS FORAM CORTADOS PARA QUE EU FOSSE ENXERTADA’”.
Na Missa Tridentina os Salmos são lidos no lado direito do altar. Esse lado representa Israel com sua base em Jerusalém a quem foi confiado o oráculo da lei, mas antes de recitar o Evangelho o Sacerdote muda para o lado esquerdo do Altar, nomeado como “lado do Evangelho”. A Boa Nova rejeitada pelos Judeus foi transferida para o outro lado, o qual representa o povo gentílico com sua base em Roma.
O livro de atos tem uma riqueza inconfundível, justamente uma mudança geográfica entre essas duas sedes, uma trajetória apostólica em pró da unidade e da edificação da Igreja. Muitos não percebem que o livro de atos é a travessia da Igreja, sendo transferida de Jerusalém para Roma. O próprio Deus ao aparecer a São Paulo deixou claro a necessidade dessa mudança.
Atos 23,11: “Na noite seguinte, aproximou-se dele o senhor e lhe disse: ”Tem confiança! Assim como deste testemunho de mim em Jerusalém, É PRECISO que testemunhes também em ROMA!”.
O livro só termina quando se chega ao destino direcionado por Deus. Começa em Jerusalém e finda com a chegada do Apóstolo em Roma.
A partir de Atos 28,14-28 mostra a chegada de São Paulo na cidade e no penúltimo e último versículo vemos que ele pôde se estabelecer e disseminar o Evangelho na sede da casa de Deus.
At 28,30-31: “Paulo morou dois anos numa casa alugada, vivendo às custas de seu próprio trabalho. Recebia a todos que o procuravam, pregando o reino de Deus, com toda a coragem e SEM OBSTÁCULOS [...]”.
O livro termina com a chegada do Apóstolo, e a Bíblia segue com sua primeira carta apostólica obviamente aos Romanos.
Até a comunidade hebreia estava debaixo da autoridade de ROMA, isso é claro na carta endereçada aos Hebreus, a qual foi escrita da Itália. 
Hb 13,24: “Os irmãos da Itália VOS SAÚDAM”.
Somente através da IGREJA ROMANA a unidade de Cristo atingiu as NAÇÕES. Roma era a base do mundo gentílico sendo a única localidade a que São Paulo se refere usando o termo “NAÇÕES”.
Rm 15,10: “Alegrai-VOS, NAÇÕES, com o seu povo” (Dt 32,43). 
Rm 15,11: “Louvai ao Senhor, NAÇÕES TODAS, e glorificai-o, TODOS OS POVOS” (Sl 116,1).
Somente a IGREJA ROMANA congrega TODOS OS POVOS.
Is 56,7: “MINHA CASA será chamada casa de oração para TODOS OS POVOS” (Mt 21,13).
A profecia da unidade de Cristo se confirma apenas na Igreja Romana.
Rm 15,12: “Isaías também diz: Da raiz de Jessé surgirá um rebento que governará as nações; nele esperarão as nações” (Is 11,10). 
A NENHUMA OUTRA LOCALIDADE NA BÍBLIA SE USA O TERMO “NAÇÕES”
Segundo as Escrituras Roma é a base cristã de todas as comunidades gentílicas. São Paulo usava o termo “GENTIOS” na 2ª pessoa se referindo à Igreja Romana.
Rm 11,13: “Porque, CONVOSCO FALO, GENTIOS[...]”.
Rm 15,10: “E outra vez diz: Alegrai-VOS, GENTIOS, com o SEU POVO”.
Disse São Paulo:
Rm 16,4: “[...]E isso LHES agradeço, não só eu, mas também TODAS as IGREJAS DOS GENTIOS”.
Inclusive outras comunidades do Império eram citadas na carta aos Romanos: Roma – Centro do Império (Rm 15,24 e 28), Ilírico (Rm 15,19), Macedônia e Acáia (Rm 15,26), Cencréria (Rm 16,1). No final dos tempos satanás será esmagado sob os pés de uma única Igreja, Católica Apostólica e Romana.
São Paulo diz à ela: “O Deus da paz em breve não tardará a esmagar Satanás debaixo dos VOSSOS PÉS” (Rm 16,20a).
Obs: O termo “VOSSOS PÉS” SÓ É DITO à Igreja Romana, na carta aos Coríntios é dito “SEUS PÉS” (1Co 15,26), ou seja , os pés de Cristo e os pés da Igreja Romana são os mesmos, pois a Igreja Romana é o corpo de Cristo” ( Um filho em defesa da Mãe, pag 23).
Paulo leitão De Gregorio

igSALVAÇÃO - 1 - ATRAVES DE OUTRO CRISTÃO - "Aliás, como sabes tu, ó mulher, se SALVARÁS o teu marido? Ou como sabes tu, ó marido, se SALVARÁS a tua mulher? " (I Coríntios 7,16)

igSALVAÇÃO - 2 - ATRAVÉS DOS SERVOS - "Fiz-me fraco com os fracos, a fim de ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, a fim de SALVAR a todos" (I Coríntios 9,22)

igSALVAÇÃO - 3 - ATRAVÉS DOS SERVOS DE DEUS - "Olha por ti e pela instrução dos outros. E persevera nestas coisas. Se isto fizeres, SALVAR-TE-ÁS a ti mesmo e aos que te ouvirem. " (I Timóteo 4,16)

igSALVAÇÃO - 4 - ATRAVÉS DOS SERVOS DE DEUS - "Ora, se o seu pecado ocasionou a riqueza do mundo, e a sua decadência a riqueza dos pagãos, que não fará a sua conversão em massa? Declaro-o a vós, homens de origem pagã: como apóstolo dos pagãos, eu procuro honrar o meu ministério, com o intuito de, eventualmente, excitar à emulação os homens da minha raça e SALVAR alguns deles" (Romanos 11, 12-14)

igSUSTENTÁCULO DA VERDADE - "Todavia, se eu tardar, quero que saibas como deves portar-te na casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade. (I Timóteo 3,15)

igUMA SÓ FÉ - "Há um só Senhor, uma só fé, um só batismo."(Efésios 4,5)

igVOLTAIRE - Logo surgiu Voltaire, para adquirir fama instantânea, o aplauso unânime das rodas mundanas e ainda boas patacas, além de uma aura de grande artista, ou pensador dotado de espírito agudo e destemido, com pouco ou nenhum esforço, simplesmente forjando mentiras contra a Igreja Católica. A mentira era a arma de Voltaire: "Mentez, mentez toujours, il en restera quelque chose", ou seja, "minta, minta sempre, alguma coisa ficará".
Todos sabemos quem foi Voltaire: o pior inimigo que teve o cristianismo naquele século XVIII, em que emitia críticas cruéis. Com os anos crescia seu ódio ao cristianismo e a Igreja. Era nele uma obsessão. Cada noite cria haver afastado a infâmia e cada manhã sentia a necessidade de voltar a declarar: o Evangelho só havia trazido desgraças sobre a Terra, dizia. Manejou como ninguém a ironia e o sarcasmo em seus inúmeros escritos, chegando até o inominável e o degradante.
Pois bem, no número de abril de 1778 da revista francesa Correspondance Littérairer, Philosophique et Critique, tomo XII (páginas 87-88), se encontra nada menos que a cópia da conversão de M. Voltaire. Literalmente diz assim:
«Eu, o que escreve, declaro que havendo sofrido um vômito de sangue faz quatro dias, na idade de oitenta e quatro anos e não havendo podido ir a igreja, o pároco de São Suplício quis de bom grado me enviar a M. Gautier, sacerdote. Eu me confessei com ele, se Deus me perdoava, morro na santa religião católica em que nasci esperando a misericórdia divina que se dignará a perdoar todas minhas faltas, e que se tenho escandalizado a Igreja, peço perdão a Deus e a ela.
Assinado: Voltaire, 2 de março de 1778 na casa do marqués de Villete, na presença do senhor abade Mignot, meu sobrinho e do senhor marqués de Villevielle. Meu amigo».

im - IMAGEM

imADORAR - A estas duas afirmações nenhum protestante pode desmentir de realmente for uma pessoa leal:
1 - "Nenhum católico acha que uma imagem é um deus";
2 - "Nenhum católico acha que um santo ou anjo é uma divindade".
Ora posso demonstrar pela Bíblia que prostrar-se, inclinar, ajoelhar diante de uma criatura a quem não se reconhece como uma divindade, por isto mesmo jamais é uma adoração.
Mesmo que alguém prostre à frente de uma imagem de Maria Santíssima, Mãe de Deus, e sabendo que sua imagem não é um deus e que a própria virgem Maria também não é deus, por isto mesmo, isto não é, e jamais será, uma adoração.
É claro que não alimento a esperança de que tais noções sobre o que é ou que não é adoração poderá penetrar na cabeça de uma pessoa facciosa, a menos que para isto lhes ilumine o poder do Espírito Santo.

imAPROVADAS POR DEUS; imAUTORIZADAS imAPANHADO

1 - Deus as mandou fazer (Êxodo 25,18; Números 21,8)
2 - Deus as aprovou e abençoou (1 Reis 8, 10-11);
3 - Deus operou milagres através delas (Números 21,9);
4 - Deus permitiu que seus amigos o adorassem prostrados à frente delas (Josué 7,6);
5 - Deus falava a Moisés dentre as imagens dos dois santos (querubins) (Nm 7,89).

Só versículos:(Ex 25,18; Nm 21,8 - I Rs 8, 10-11 - Nm 21,9 - Js 7,6 - Nm 7,89).


imARCA - 1 - ADORAÇÃO DE JOSUÉ - "Então, Josué rasgou as suas vestes e se prostrou em terra sobre o rosto perante a arca do SENHOR até à tarde, ele e os anciãos de Israel; e deitaram pó sobre a cabeça" (Js 7,6)


imARCA -  2 - IMAGENS - ARCA DA ALIANÇA - na Arca da Aliança havia a presença de Deus, diferentes das estatuas de maria, beltrana e fulana, nelas não há vida nem espírito...só deve existir um espírito nelas o do demo ... Deus está presente em toda parte porque é onipresente. Foi você que afirmou que a serpente de bronze que Deus mandou fazer era uma coisa inútil?



imARCA - 3 - PRESENÇA DE DEUS - Rommel [debatedor do WebServo]: "No caso dos Josué e os anciães, Eles se ajoelharam pois sabiam que a presença de Deus estava ali..."

______________________________


RESPOSTA: E Deus não estaria presente também em outros lugares? O fato de ele falar entre as duas imagens não significa que ele estivesse unicamente ali.
E se a adoração de Josué e dos anciães de Israel fosse feita em outro lugar, porventura teria o mesmo valor que a feita em frente àquela caixa encimada pelas duas imagens de santos?
Não teria!!!!
Isto por causa da sacralidade daquele objeto.
É por isto que nós, católicos, adoramos a Deus em qualquer lugar, mas de forma especial na Igreja e, dentro da Igreja, em frente da imagem de Jesus (sem contar que o adoramos diretamente presente no santíssimo sacramento do altar)
E como venerar não é adorar, da mesma forma veneramos aos santos e anjos em qualquer lugar (eles são semelhantes a Deus [I São João 3,2]) mas de preferência na Igreja e em frente às suas imagens.

imBASTÃO DE JOSÉ - "Foi pela fé que Jacó, estando para morrer, abençoou cada um dos filhos de José e venerou a extremidade do seu bastão." Hebreus 11,21).

imCHUTA, COSPE, ESCARRA... QUEM TEM ÓDIO - SALIEL [debatedor evangélicos]"... tenho a certeza que amo apenas a um Deus..."
==================================================

Ama a Deus e odeia sua mãe!...
Quando se tem ódio a uma pessoa se chuta, se cospe, se escarra, se cobre de opróbrio qualquer símbolo que a representa.
Quem AMA faz bem o contrário: manifesta-se por este símbolo o amor que tem à pessoa representada por ele. Quem ama a Cristo, beija sua imagem como se estivesse beijando ao próprio Cristo. Quem o detesta, cospe nela.
Não é isto que fazem os que têm ódio a um país? Não é a bandeira deste país que melhor o representa? Pois bem! Já que não não podem fazer o mesmo que esta nação, fazem, então, com sua bandeira. Cospem nela, pisam nela, rasgam-na e a queimam. O verdadeiro patriota, porém, a beija, coloca-a sobre o coração e a põe em lugar de honra.
Sem dúvida, você diz amar somente a Deus; sem dúvida, mas também, manifesta que tem ódio àqueles que Deus mais ama. Que amor mais esquisito este!!!!
Foi isto que lhe ensinaram os primeiros dos rebelados, Lúcifer e seus anjos, quando você optou pela rebelião à verdadeira Igreja deixada por Cristo.
Portanto chute, escarre, xingue, cubra de horror todo símbolo que represente Cristo e seus amados. É este o ofício de todos seguidores do anticristo.

imDEUS AS ABENÇOA COM SUA PRESENÇA1 - "Quando Salomão terminou essa prece, desceu fogo do céu e consumiu o holocausto com os sacrifícios; e a glória do Senhor encheu o templo" (II Crônicas 7,1)

imDEUS AS ABENÇOA COM SUA PRESENÇA2 - "... desceu fogo do céu e consumiu o holocausto com os sacrifícios; e a glória do Senhor encheu o templo" (II Crônicas 7,1)
Observação: o templo de Salomão estava repleto de imagens por dentro e por fora.

imDEUS as MANDA FAZER - "Farás dois querubins de ouro; e os farás de ouro batido, nas duas extremidades da tampa, um de um lado e outro de outro" (Êxodo 25,18)

"... e o Senhor disse a Moisés: "Faze para ti uma serpente ardente e mete-a sobre um poste. Todo o que for mordido, olhando para ela, será salvo." (Números 21,8)

imDEUS OPERA MILAGRE - "Moisés fez, pois, uma serpente de bronze, e fixou-a sobre um poste. Se alguém era mordido por uma serpente e olhava para a serpente de bronze, conservava a vida" (Números 21,9).

imDEUS OPERA MILAGRES ATRAVÉS DE UMA IMAGEM - "Javé respondeu-lhe [a Moisés]: 'Faze uma serpente abrasadora e coloc´-a em uma haste. Todo aquele que for mordido e a contemplar viverá" (Nm 21,8).

imDEUS PERMITE SER ADORADO EM FRENTE ÀS IMAGENS DE DOIS SANTOS -
"Josué rasgou suas vestes e prostrou-se com a face por terra até a tarde diante da arca do Senhor, tanto ele como os anciãos de Israel, e cobriram de pó as suas cabeças" (Josué 7,6).

imDIFERENÇAS ENTRE IDOLOS E IMAGENS - Veja a diferença entre imagem e ídolo: IMAGEM é tudo que nossa vista consegue captar através da luz; imagem é tudo que nossa imaginação constrói quando imaginamos; imagem é uma foto, uma pintura, uma escultura. Assistir um filme ou televisão é ver uma sucessão continua de imagens. A este tipo de imagem Deus não proibiu. Pelo contrário até mandou construir e chegou a operar milagres através de uma delas. ÍDOLO é um objeto ou mesmo imagem mas não é um objeto qualquer ou uma imagem qualquer. O ídolo para ser ídolo tem que ser tido como deus ou pelo menos se acredita que neste objeto ou imagem está uma divindade. Olhe no dicionário. Quando alguém beija a foto do pai, mãe, irmãos ou outra pessoa qualquer amada, na verdade esta MANIFESTAÇÃO DE AMOR não se dirige à foto e sim à pessoa representada por esta foto. A Bandeira Nacional REPRESENTA nossa pátria. A pessoa que ama sua pátria beija a bandeira e lhe faz reverência. Isto não é idolatria. é apenas manifestação de amor pela pátria. Quando alguém beija a imagem de Cristo, não está manifestando amor à sua imagem senão ao próprio Cristo. Quem ama os amigos de Deus não pratica idolatria; pelo contrário hora a Deus, pois é em consequência do amor a Deus que se ama seus amigos... e assim vai pra frente numa reflexão que você mesmo pode fazer e chegar à conclusão de que a acusação que faz contra os católicos e idolatria é injusta e pecaminosa. Isto não é do agrado de Deus!

imESCABELO - "Exaltai ao Senhor, nosso Deus, e prostrai-vos ante o escabelo de seus pés, porque ele é Santo" (Salmos 98,5).

imESCULTURA EM SILO - "E os filhos de Dã levantaram para si aquela IMAGEM DE ESCULTURA e Jônatas, filho de Gérson, o filho de Manasses, ele e seus filhos foram sacerdotes da tribo dos danitas, até ao dia do cativeiro da terra. Assim, pois, A IMAGEM DE ESCULTURA, que fizera Mica, estabeleceram para si, todos os dias que a casa de Deus esteve em Silo". (Jz 18. 30-31).

imESTELA - "Esta pedra da qual fiz uma estela será uma casa de Deus, e pagarei o dízimo de tudo o que me derdes." (Gênesis 28,22).

"... Jacó tomou uma pedra e erigiu-a em estela" (Gênesis 31,45).

imFESEL - ÊXODO 20,4 E DEUTERONÔMIO 5,8 - RESPOSTA - Questão velha e pueril que, de tanto repetir respostas decidi gravá-las. Assim, cada vez que solicitam não terei outro trabalho senão fazer uma cópia.
As "IMAGENS DE ESCULTURA", mencionadas em Êxodo 20, 4 bem como em Deuteronômio 5,8:

לא תעשׁה לך פסל וכל תמונה אשׂר בשׂמים ממעל ואשׂר בארץ מתחת ואשׂר במים מתחת לארץ
Dos carateres hebraicos acima vou tomar uma palavra constituída por apenas três letrinhas: "פסל". Hehehehe!!!! parece o número 709!!!...

Se você contar as palavras acima, da direita para a esquerda (pois é assim que se escreve o hebraico) a quarta é "פסל" que se lê "FESEL" que, por sua vez se traduz por "ÍDOLO" e não por "IMAGEM DE ESCULTURA". Está aí resolvida toda a velha questão que os protestantes julgam ser o máximo mas que os católicos tiram de letra fácil, fácil.



ÊXODO 20,4 - Tradução Interlinear do Hebraico para o português
Quando os rebelados lêem estes versículos e entendem que está proibida toda e qualquer imagem admitem que Deus entrou em contradição, o que é uma imbecilidade sendo tal raciocínio muito confuso porque:

PRIMEIRO - Deus proíbe que seja feito a escultura de qualquer ser (Êxodo 20:4);

SEGUNDO - Esquecendo-se da proibição acima, Deus ordena a fabricação de estátuas de ouro" (Êxodo 25: 18 )".

Não haveria contradição alguma se os hereges entendessem exatamente como está no original hebraico e conforme nos ensina a única e verdadeira Igreja de Cristo, a SANTA IGREJA CATÓLICA.
"EU SE DIVIRTO" diria o recruta Zero!!!! Kkkkkkkkkkkkk!!!!!!!!

imÍDOLOS - MENSAGEM FORUM UNIÃO - Lendo mal e interpretando pior ainda. Refiro-me ao Capítulo 20 do Êxodo. Quem o lê sem prestar atenção, de cara, já pensa:
"Eu não não posso ter em minha casa qualquer tipo de imagem. A Igreja Católica está errada por estar repleta de imagens porque o texto indicado fala claramente:
'Não farás para ti imagem esculpida de nada que se assemelhe ao que existe lá em cima, nos céus, ou embaixo na terra, ou nas águas que estão debaixo da terra.' (Ex 20, 4).
E agora? O que devo fazer para ser fiel a Deus? Bem que vários evangélicos já me falaram dizendo que sou idólatra e que por isto não poderei ser salvo.
Calma, aí, meu chapa! Será que Deus falou exatamente isto mesmo que você entendeu? Vejo que entendeu da forma exata que os filhos de Lutero queriam que você entendesse. Então vamos ver de novo para saber se é isto mesmo que Deus lhe está falando. Vamos ler o "texto dentro do seu contexto", para saber que tipo de imagem Deus está realmente proibindo. Antes da passagem escrita no topo temos:
"Não terás outros deuses diante de mim" (Ex 20,3)
Depois dela está escrito o seguinte:
"Não prostrarás diante desses deuses (na Bíblia Ave Maria está escrito "diante delas") e não os servirás, porque eu, Javé teu Deus, sou um Deus ciumento, que puno a iniqüidade dos pais sobre os filhos até a terceira e quarta geração do que me odeiam, mas que também ajo com amor até a milésima geração para aqueles que me amam e guardam os meus mandamentos" (Ex 20,5)
Tanto faz falar "prostrar diante desse deuses" como "prostrar diante delas". Isto dá a entender que se trata de imagens de deuses. Note também a força que tem a expressão "e não os servirás", caracterizando bem que se tratava de ídolos pois os pagãos acreditavam que a imagem ou era um deus ou, então, nela habitava uma divindade. Portanto não se tratava de uma imagem qualquer e sim de imagens de ídolos.
Este entendimento é tão correto que a própria Bíblia se encarrega de desmentir aqueles que teimam em ensinar o contrário. Se fosse do jeito que os evangélicos entendem, o próprio Javé estaria em contradição apenas 5 capítulos depois:
"Farás dois querubins de ouro, de ouro batido os farás..." (Ex 20,18).
Nesta altura a crentaiada protesta veementemente: "Ah, mas aí é o próprio Deus quem ordenou...e se ordenou tá certo. Se não ordenou, continua proibido...".
Não interessa! O que sabemos é que Deus não é incoerente como os filhos e Lutero. Ele não tem duas palavras. Não é o Deus do "sim" e o Deus do "não" ao mesmo tempo.
Agora imagine se tem cabimento o mesmo Deus, sapientíssimo proibindo uma coisa e, sem qualquer justificativa, manda fazer o que tinha proibido pouco antes!!!
E ainda tem mais. Deus não poderia ter proibido ter qualquer tipo tipo de imagem quando ele mesmo, além de mandar esculpir uma imagem, ainda faz milagres através delas... será possível que aconteceu uma coisa dessa? Sim. Veja o que segue:
"Javé respondeu-lhe [a Moisés]: 'FAZE UMA SERPENTE ABRASADORA E COLOCA-A EM UMA HASTE. Todo aquele que for mordido e a contemplar viverá." (Num 21,8).
Invariavelamnete, quando alguém cita este versículos ouvirá o veemente protesto dos rebelados: "Mas Deus mandou fazer em caquinhos esta imagem..." (Foi Ezequias e não Deus quem mandou destruir esta imagem, embora a Bíblia aprove os atos deste rei, mas isto não vem ao caso). Mas... Por que?
Porque o culto de veneração (que os católicos praticam) tinha se transformado em idolatria, o que Deus realmente havia proibido. A serpente de bronze era adorada como se fosse um deus com o nome de Noestã.
Resumindo: Deus operava milagres através desta imagem. e ninguém poderá negar isto. Bastava dirigir-lhe um simples olhar e os feridos já recebiam a cura. Isto não passava de veneração e nunca foi adoração.
Os "Crentes" (?!) então replicam: "Qual nada!!!!! Só se justificam as imagens quando o próprio Deus manda fazer".
Engano grosseiro de quem conhece muito pouco a Bíblia. Além das imagens que Deus mandou fazer, isto é, os querubins de ouro colocados sobre o tampo da Arca, a serpente de bronze, as duas figuras gigantescas de anjos cujas asas tinham 5 côvados cada, com idêntica dimensão de altura, o rei Salomão, mandou fazer, sem a competente ordem divina aqueles inúmeros querubins esculpidos em todas as paredes do templo tanto do lado de dentro como do lado de fora; incluindo, também, inúmeras esculturas de palmas e flores; também os querubins esculpidos nas batentes de cinco ângulos da porta do debir, juntamente com palmeiras e flores, tudo recoberto de ouro; os querubins, palmeiras e flores esculpidos nas batentes da porta de quatro ângulo do hekal; os trabalhos caprichados do talentoso escultor Hiram vindo de Tiro, tais como romãs (cerca de oitocentas), o Mar de bronze que repousava sobre doze trouros.. etc., etc.. e isto numa superficialíssima pesquisa que fiz e, ainda me lembro, havia as figuras bordadas no véu do templo, os leões esculpidos no trono.
E agora, CATÓLICO MAL ORIENTADO, não acha que é muita escultura para quem estava proibido de esculpir qualquer tipo de imagem? Pelo que parece ninguém nada reprovou - isto porque naquele tempo ainda não existiam os modernos fariseus hipócritas que recheiam as mais de 50.000 seitas que acusam de idolatria, dia e noite, a única Igreja edificada por Cristo!

imÍDOLOS OU ÍCONES NA I. PRIMITIVA - "a igreja primitiva não admitia ídolos ou ícones (figuras) e também não cultuava ninguém além do Senhor Jesus."
É evidente que na Igreja primitiva não se admitiam ídolos, mas o que você quis dizer é que na Igreja primitiva não se cultuavam nem os santos nem se faziam imagens, porque você imagina que os cristãos dos tempos dos mártires tinham a mesma mentalidade tacanha dos protestantes de qualquer Lagoinha.
Para refutar essa tolice basta enviar-lhe as imagens existentes nas catacumbas onde a Igreja primitiva se reunia. Elas estão atachadas a esta mensagem (clique aqui). Veja nelas a prova que a Igreja Primitiva não tinha, de fato, ídolos, mas cultuava imagens de Cristo, da Virgem e dos santos mártires. E agora, Saul? Como fica seu argumento furado de que na Igreja primitiva não se cultuavam os santos, nem se faziam imagens? Mas será que a evidência vai convencê-lo? Duvido. Você negará essas fotos das imagens da Igreja Primitiva nas catacumbas de Roma, porque você negaria até Cristo em pessoa, se Ele lhe aparecesse dizendo o contrário do que pensa o "consenso da lagoinha". Você só crê em você. Você é seu próprio ídolo. Aliás, tenho certeza de que você guarda as fotos suas e de seus filhos e amigos. Mas não os cultua, não é ? Você só se cultua no templo escondido de seu coração. Você mesmo, teimoso Saul, certamente já leu (porque já lhe escrevi sobre isso) - e ficou tomado de fúria, como o seu homônimo bíblico - as refutações dessa tolice protestante no site da Montfort. Releia o que já escrevi sobre as imagens e o que diz a Bíblia sobre elas.

imLUTERO - Martinho Lutero fundador do protestantismo foi a favor do uso de imagens , como se depreende do texto abaixo, datado de 1528:

"Tenho como algo deixado à livre escolha as imagens, os sinos, as vestes litúrgicas ... e coisas semelhantes. as imagens inspiradas pela Escritura e por histórias edificantes me pareçam muito úteis... Nada tenho em comum com os Iconoclastas" (Da Ceia de Cristo).


imMALDIÇÃO REPRESENTADA PELA SERPENTE - A serpente representa a maldição. (Gen 3:14). O Filho do homem se fez maldição por nós. (Gálatas 3:13).

imOBJETOS - "Entremos em sua morada, prostremo-nos diante do escabelo de seus pés." (Salmos 131,7)

imPAIS CATÓLICOS "IDÓLATRAS" - SUA FALA: "A paz irmãos,essa pergunta já me incomoda a algum tempo.Conheço a Jesus faz 6 anos e de lá p/ ca Ele tem feito maravilhas em minha vida, mas meus pais são catolicos, idolatras p/ dizer bem a verdade, mas posso eu culpa-los?Se foram criados assim, são pessoas maravilhosas mas dizem q/ eu é q/ sou "louca".Meu pai já é de idade e doente seria horrivel perde-lo sem a certeza de sua salvação!"


1 - RESPOSTA: Não, irmão, seus pais não são idólatras por permanecerem fiéis à fé recebida de seus pais. Você, sim, como passarei a explicar: A verdadeira Igreja edificada por Cristo é a Igreja Católica. Se esta não for... muito menos serão as mais de 50.000 seitas ditas evangélicas que apareceram neste mundo a partir do século XVI. A fé de seus pais vieram da fonte. A sua passou pelo espírito satânico da rebelião tendo cada uma um fundador humano. Tendo você virado as costas para a Igreja fundada por Cristo ("Caso não lhes der ouvido, dize-o à Igreja. Se nem mesmo à Igreja der ouvido, trata-o como o gentio ou o publicano" (Mt 18,17)), acabou sendo fisgado pelo Espírito da Mentira ("É por isto que Deus lhes mandou o poder da sedução, para acreditarem na mentira e serem condenados, todos os que não creram na verdade, mas antes consentiram na injustiça" (2Tss 2,11-12)). Enfim ei-lo separado da Igreja, de dedo em riste acusando seus próprios pais de idolatria!!!!.... Mas eu estava falando que é você que se tornou idólatra e não seus pais que permaneceram fiéis à fé recebida dos apóstolos através da verdadeira Igreja de Cristo, por ele fundada e não como qualquer uma das mais de 50.000 seitas heréticas que surgiram a partir do século XVI que têm como fundadores não a Cristo mas por homens inspirados pelo Espírito das Trevas. Eis que se tornou um rebelado. E Deus ama aqueles que se tornaram rebeldes? Vou falar aqui sobre como Deus trata aqueles que se tornaram rebeldes contra as legítimas autoridades escolhidas por ele. Depois falarei como você pratica a idolatria e não seus pais. A Bíblia condena as seitas e todo tipo de rebeldia às legítimas autoridades. Já no Velho Testamento (Num 14,1-38) lemos como Moisés tinha enviado 12 príncipes (um de cada tribo) para explorar a Terra Prometida. DEZ DELES, porém, depois de terem voltado TINHAM FEITO MURMURAR TODO O POVO CONTRA MOISÉS E AARÃO, dizendo: Escolhamos um (outro) chefe e voltemos para o Egito. POR CASTIGO, OS DEZ EXPLORADORES REVOLTADOS MORRERAM FERIDOS POR UMA PRAGA, DIANTE DO SENHOR, E TODOS OS ADULTOS ISRAELITAS (acima de 20 anos), "DEIXARAM SEUS CADÁVERES APODRECER NO DESERTO". Somente dos dois exploradores fiéis a Moisés, Josué e Caleb, entraram na terra prometida. Semelhante castigo infligiu Deus a CORÉ, DATAN E ABIRÃO E SEUS 250 SECTÁRIOS, REVOLTADOS CONTRA A AUTORIDADE DE MOISÉS E AARÃO (EXERCENDO O SACERDÓCIO COMUM A TODOS OS FIÉIS QUERIAM USURPAR O SACERDÓCIO MINISTERIAL). O três foram ENGOLIDOS PELA TERRA, QUE SE ABRIU NA VISTA DE TODOS, E os demais foram DEVORADOS PELO FOGO CAÍDO DO CÉU (Num 16, 1-35). PARA O POVO DA NOVA ALIANÇA, previu Deus o mesmo regime de UM SÓ GOVERNO, pelo profecia de Daniel (Dan 2,44): "No tempo desses reis [do império Romano], o Deus do céu suscitará UM REINO QUE JAMAIS SERÁ DESTRUÍDO... e subsistirá para sempre" Trata-se da IGREJA CATÓLICA, CONFIADA POR JESUS A PEDRO, e governada até hoje por seus SUCESSORES, OS PAPAS. Em todos os livros Sagrados não encontramos uma só frase favorável à divisão deste "Reino dos Céus", da "Minha Igreja" (de Cristo, é claro), em seitas autônomas! Pelo contrário, lemos no Evangelho de Jo 11,52-52 o oráculo divino: ! "Jesus devia morrer pela nação, mas também PARA QUE FOSSEM RECONDUZIDAS À UNIDADE OS FILHOS DE DEUS DISPERSOS". Lamentavelmente, as seitas promovem o contrário: A DISPERSÃO! Vejamos ainda outras passagens bíblicas do Novo Testamento sobre AS SEITAS. Advertência na despedida de SÃO PAULO: "Cuidai de vós mesmos e de todo o rebanho, sobre o qual o ESPÍRITO SANTO VOS CONSTITUIU BISPO, PARA PASTOREAR A IGREJA DE DEUS, que ele adquiriu com o seu próprio sangue. Sei que depois de minha partida se INTRODUZIRÃO ENTRE VÓS LOBOS CRUÉIS, que não pouparão o rebanho. Mesmo detre vós surgirão homens que hão de proferir DOUTRINAS PERVERSAS, COM O INTENTO DE ARREBATAREM APÓS SI OS DISCÍPULOS. Por isso, vigiai!" (At 20,28-31) "Assim como houve entre o povo (de Israel) falsos profetas, assim HAVERÁ ENTRE VÓS FALSOS DOUTORES, QUE INTRODUZIRÃO DISFARÇADAMENTE SEITAS PERNICIOSAS. Eles, renegando assim o Senhor que os resgatou, atrairão sobre si uma reuína repentina. MUITOS OS SEGUIRÃO NAS SUAS DESORDENS e serão deste modo a causa de o caminho da verdade ser caluniado. Movidos por cobiça, eles VOS HÃO DE EXPLORAR por palavras cheias de astúcia..." (2Pd 2,1s) "De fato, não há dois (Evangelhos): HÁ APENAS PESSOAS QUE SEMEIAM A CONFUSÃO ENTRE VÓS E QUEREM PERTURBAR O EVANGELHO DE CRISTO. Mas, ainda que alguém, nós ou um anjo baixado do céu, VOS ANUNCIASSE UM EVANGELHO DIFERENTE DO QUE VOS TEMOS ANUNCIADO, QUE ELE SEJA ANÁTEMA [maldito]" (Gl 1,7-9) "Rogo-vos, irmãos, que desconfieis daqueles que CAUSAM DIVISÕES E ESCÂNDALOS, APARTANDO-SE DA DOUTRINA QUE RECEBESTES. EVITAI-OS! Esses tais não servem a Cristo Nosso Senhor, mas ao próprio ventre. E com palavras adocicadas e linguagem lisongeira ENGANAM OS CORAÇÕES SIMPLES" (Rm 16,17-18) "O homem que assim fomenta divisões, depois de advertido uma primeira e uma segunda vez, evita-o, visto que esse tal É UM PERVERSO que, perseverando no seu pecado, SE CONDENA A SI PRÓPRIO" (Tt 3,10-11) "Virá tempo em que os homens já NÃO SUPORTARÃO A SÃ DOUTRINA DA SALVAÇÃO. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, AJUNTARÃO MESTRES PARA SI. APARTARÃO OS OUVIDOS DA VERDADE E SE ATIRARÃO ÀS FÁBULAS. TU, PORÉM, [como legítimo bispo da Igreja, por mim ordenado], sê prudente em tudo, paciente nos sofrimentos, CUMPRE A MISSÃO DE PREGADOR DO EVANGELHO, consagra-te ao teu ministério" (2Tm4,3-6) TAMANHA CLAREZA BÍBLICA DISPENSA COMENTÁRIOS! OBSERVAÇÃO: Apesar de tão clara condenação de seitas, pela Bíblia, a Igreja Católica ensina que também os PROTESTANTES, MUÇULMANOS E ATÉ PAGÃOS (sobretudo nascidos nestas religiões) podem salvar-se, seguindo a reta consciência, procuram conhecer o Deus verdadeiro e se esforçam em cumprir a sua vontade e lhe agradar. Por outro lado há MUITOS CATÓLICOS, que se gabam de seu batismo e casamento na Igreja, mas vivem afastados da prática dos Mandamentos e dos Sacramentos. Estes vivem em gravíssimo perigo de se perderem eternamente! AGORA VOU FALAR DE SUA 'IDOLATRIA': Primeiramente ao adotar um outro Evangelho diferente do primeiro e ao sair de entre nós, conforme diz São João ("Ouvistes dizer que o ANTICRISTO deve vir; e já vieram muitos ANTICRISTOS: daí reconhecemos que é chegada a última hora. ELES SAÍRAM DE ENTRE NÓS, mas não eram dos nossos" (1Jo 2,18-19)) você se tornou UM ANTICRISTO e rebelado. Nesta condição, você acha que ainda pode prestar algum culto ao Deus Verdadeira? Claro que não. Deus não aceita homenagem de ANTICRISTO. Então o culto que você presta não se dirige a Deus pois ele não o aceita. A Bíblia fala que tal culto se dirige a Satanás. Você, embora sem o saber, por causa de sua grande ignorância, se tornou adorador do DEMÕNIO. Você agora pratica a FEITIÇARIA segundo a Bíblia. Está adorando aos TERAFINS (ídolos imundos, no quais se encontram os demônios). Veja a inerrante Palavra de Deus: "Agrada-se a Javé com holocaustos e sacrifícios como se agrada com a obediência à sua palavra? Sim, a obediência é melhor do que o sacrifício, a docilidade mais do que a gordura dos carneiros. PECADO DE FEITIÇARIA, eis o que é a rebelião, UM CRIME DE TERAFIM, eis o que é a presunção! Porque rejeitaste a palavra de Javé, ele te rejeitou..." (1Sm 15,22-23). Espero que você saia correndo desse lugar satânico, e procure a Verdadeira Igreja de Cristo, a Igreja Católica, donde nunca devia ter saído.

imPATRÍSTICA E CONCÍLIOS - As imagens cristãs sempre foram utilizadas de forma pedagógica, ou seja para ensinar, conduzir o Povo à Deus. Na época das perseguições romanas se utilizava a IMAGEM da Cruz, da âncora, do peixe para se identificar os crisãos. Constantino am sua campanha contra Maxêncio usou a imagem XP (vide meu ícone) que representa o nome de CRISTO. Ensinavam os Santos Padres da Igreja: S. Gregório de Nissa (†394): "O desenho mudo sabe falar sobre as paredes das igrejas e ajuda grandemente" (Panegírico de S. Teodoro, PG 46, 737d). S. Gregório Magno (†604), Papa e doutor da Igreja, a Sereno, bispo de Marselha: "Tu não devias quebrar o que foi colocado nas igrejas não para ser adorado, mas simplesmente para ser venerado. Uma coisa é adorar uma imagem, outra coisa é aprender, mediante essa imagem, a quem se dirigem as tuas preces. O que a Escritura é para aqueles que sabem ler, a imagem o é para os ignorantes; mediante essas imagens aprendem o caminho a seguir. A imagem é o livro daqueles que não sabem ler" (Epístola XI 13 PL 77,1128c). S. João Damasceno (†749): "O que a Bíblia é para os que sabem ler, a imagem o é para os iletrados". (De imaginibus I 17 PG 94, 1248 c) "Antigamente Deus, que não tem corpo nem face, não poderia ser absolutamente representado através duma imagem. Mas agora que Ele se fez ver na carne e que Ele viveu com os homens, eu posso fazer uma imagem do que vi de Deus." "A beleza e a cor das imagens estimula minha oração. É uma festa para os meus olhos, tanto quanto o espetáculo dos campos estimula o meu coração para dar glória a Deus" (CIC, 1162). Os Concílios definiram: II Concílio de Nicéia (787): "Nós definimos com todo o rigor e cuidado que, à semelhança da representação da cruz preciosa e vivificante, assim as venerandas e sagradas imagens pintadas quer em mosaico, quer em qualquer outro material adaptado, devem ser expostas nas santas igrejas de Deus, nas alfaias sagradas, nos paramentos sagrados, nas paredes e nas mesas, nas casas e ruas; sejam elas a imagem do Senhor Deus e Salvador Jesus Cristo, a da imaculada Senhora nossa, a santa Mãe de Deus, dos santos anjos, de todos os santos justos" (DS, 600-601). Concílio de Trento (1545-1563): "As imagens de Cristo e da Virgem Maria, Mãe de Deus, e dos Santos, devem ser guardadas nas Igrejas, onde se lhes devem prestar a devida honra e veneração; não por crer que haja nelas 'Divindades' ou 'virtude alguma', a quem queremos adorar ou pedir favores imitando os antigos gentios, que punham toda a sua confiança em seus ídolos; mas porque as honras que lhes prestamos as referimos aos protótipos que elas representam, de sorte que, quando beijamos uma imagem, ou nos descobrimos ou prostramo-nos diante dela, adoramos Jesus Cristo e veneramos os santos por elas representadas". "A beleza e a cor das imagens estimulam minha oração. É uma festa para os meus olhos, tanto quanto o espetáculo do campo estimula meu coração a dar glória a Deus."[S. João Damasceno in Imag. 1,27;PG 94,1268B] A contemplação dos ícones santos, associada à meditação da Palavra de Deus e ao canto dos hinos litúrgicos, entra na harmonia dos sinais da celebração para que o mistério celebrado se grave na memória do coração e se exprima em seguida na vida nova dos fiéis." (Catecismo § 1162) E até um herege concordou... Martinho Lutero: "Penso que no que diz respeito às imagens, símbolos e vestes litúrgicas, ... e coisas semelhantes, deixe-se à livre escolha. Quem não quiser essas coisas deixe-as de lado. Se bem que as histórias inspiradas na Bíblia ou em histórias edificantes, parecem-me serem muito úteis" (Carta, 1528). Ratzinger, hoje Bento XVI esponde muito bem a qual a função das imagens: "A tradição secular e conciliar diz-nos que também a imagem é pregação evangélica. Os artistas de todos os tempos apresentaram à contemplação e à admiração dos fiéis os factos salientes do mistério da salvação, no esplendor da cor e na perfeição da beleza. Indício de que, hoje mais do que nunca, na época da imagem, a imagem sagrada pode exprimir muito mais que a palavra, pois é muito mais eficaz o seu dinamismo de comunicação e de transmissão da mensagem evangélica." (RATZINGER, Joseph. Introd. ao Compêndio do Catecsimo.-20/03/2005) Detalhe: A primeira IMAGEM que DEUS FEZ fomos nós mesmos: "Então Deus disse: "Façamos o homem à nossa imagem e semelhança." (GEN 1,26) imPINTURAS E ESCULTURAS - ver http://www.montfort.org.br/perguntas/virgemmaria5.html


imPRIMEIROS SÉCULOS - Desde os primeiros séculos os cristãos pintaram e esculpiram imagens de Jesus, de Nossa Senhora, dos Santos e dos Anjos, não para adorá-las, mas para venerá-las. As catacumbas e as igrejas de Roma, dos primeiros séculos, são testemunhas disso. Só para citar um exemplo, podemos mencionar aqui o fragmento de um afresco da catacumba de Priscila, em Roma, do início do século III. É a mais antiga imagem da Santissima Virgem, uma das mais antigas da arte cristã, sobre o mistério da Encarnação do Verbo. Mostra a imagem de um homem que aponta para uma estrela situada acima da Virgem Maria com o Menino nos braços. O Catecismo da Igreja traz uma cópia dessa imagem (Ed. de bolso, Ed. Loyola, pag.19). Este exemplo mostra que desde os primeiros séculos os cristãos já tinham o salutar costume de representar os mistérios da fé por imagens, em forma de ícones ou estátuas. É o caso de se perguntar, então: Será que foram eles "idólatras" por cultuarem essas imagens? É claro que não? Eles foram santos, mártires, derramaram, muitos deles, o sangue em testemunho da fé. Seria blasfêmia acusar os primeiros mártires da fé de idólatras. No século VIII, sob influência do judaísmo e do islamismo, surgiu um movimento herético que se pôs a combater o uso das imagens. Eram os iconoclastas. O grande e principal defensor do uso das imagens na época, foi o santo e doutor da Igreja S. João Damasceno (de Damasco), falecido em 749, o qual foi muito perseguido por se manter fiel e defensor dessa santa Tradição cristã. A fim de dirimir as dúvidas sobre a questão, o Papa Adriano I (772-795) convocou o II Concílio Ecumênico de Nicéia, que se realizou de 24/09 a 23/10/787. Assim se expressou o Concílio, resolvendo para sempre a questão: "Na trilha da doutrina divinamente inspirada dos nossos santos Padres, e da Tradição da Igreja Católica, que sabemos ser a tradição do Espírito Santo que habita nela, definimos com toda a certeza e acerto que as veneráveis e santas imagens, bem como a representação da cruz preciosa e vivificante, sejam elas pintadas, de mosaico ou de qualquer outra matéria apropriada, devem ser colocadas nas santas igrejas de Deus, sobre os utensílios e as vestes sacras, sobre paredes e em quadros, nas casas e nos caminhos, tanto a imagem de Nosso Senhor, Deus e Salvador, Jesus Cristo, quanto a de Nossa Senhora, a puríssima e santíssima mãe de Deus, dos santos anjos, de todos os santos e dos justos" (Catecismo da Igreja Católica, nº 1161). Essas palavras, por serem de um Concílio da Igreja, são ensinamentos oficiais e infalíveis, e não podemos colocá-los em dúvida. O grande S. João Damasceno dizia : "A beleza e a cor das imagens estimulam a minha oração. É uma festa para meus olhos, tanto quanto o espetáculo do campo estimula meu coração a dar glória a Deus" (nº 1162). O nosso Catecismo explica que: "A imagem sacra, o ícone litúrgico, representa principalmente Cristo. Ela não pode representar o Deus invisível e incompreensível; é a encarnação do Filho de Deus que inaugurou uma nova "economia" das imagens" (1159). S. Tomás de Aquino (1225-1274) também defendia o uso das imagens, afirmando: "O culto da religião não se dirige às imagens em si como realidades, mas as considera em seu aspecto próprio de imagens que nos conduzem ao Deus encarnado. Ora, o movimento que se dirige à imagem enquanto tal não termina nela, mas tende para a realidade da qual é imagem" (2131). Muitos querem incriminar a Igreja Católica, afirmando que ela desrespeita a ordem que Deus deu a Moisés: "não vos pervertais, fazendo para vós uma imagem esculpida em forma de ídolo..." (Dt 4,15-16). Os cristãos, desde os primeiros séculos, entenderam, sob a luz do Espírito Santo, que Deus nunca proibiu fazer imagens, e sim "ídolos", deuses, para adorar. O povo de Deus vivia na terra de Canaã, cercado de povos pagãos que adoravam ídolos em forma de imagens (Baals, Moloc, etc). Era isso que Deus proibia terminantemente. A prova de que Deus nunca proíbiu imagens, é que Ele próprio ordenou a Moisés que fabricasse imagens de dois Querubins e que também pintasse as suas imagens nas cortinas do Tabernáculo. Os querubins foram colocados sobre a Arca da Aliança. "Farás dois querubins de ouro; e os farás de ouro batido, nas duas extremidades da tampa, um de um lado e outro de outro... Terão esses querubins suas asas estendidas para o alto e protegerão com elas a tampa ... " (Ex. 25,18s, Ex 37,7; 1 Rs. 6,23; 2 Cr. 3,10). "Farás o tabernáculo com dez cortinas de linho fino retorcido, de púrpura violeta sobre as quais alguns querubins serão artísticamente bordados" (Ex. 26,1.31). Que fique claro, de uma vez por todas, Deus nunca proibiu imagens, e sim, "fabricar imagens de deuses falsos" . O mesmo Deus mandou que, no deserto, Moisés fizesse uma imagem de uma serpente de bronze (Nm 21, 8-9), que prefigurava Jesus pregado na cruz (Jo 3,14). Também o rei Salomão, quando construiu o templo, mandou fazer querubins e outras imagens (I Rs 7,29). O culto que a Igreja Católica presta a Deus, e só a Deus, é um culto chamado "latria", isto é, de adoração. Aos anjos e santos é um culto chamado "dulia", de veneração. Maria, como Mãe de Deus recebe o culto de "hiper-dulia", super-veneração digamos, mas que está muito longe da adoração devida só a Deus. São Pedro, ao terminar a segunda Carta falava do perigo daqueles que interpretavam erroneamente as Escrituras: "Nelas há algumas passagens difíceis de entender, cujo sentido os espíritos ignorantes ou pouco fortalecidos deturpam, para a sua própria ruína, como o fazem também com as demais Escrituras" (2 Pe 3,16). Infelizmente isto continua a acontecer com aqueles que querem dar uma interpretação individual à Palavra de Deus, sem autorização oficial da Igreja, levando multidões ao erro. Só a Igreja é a autêntica intérprete da Bíblia (cf.Dei Verbum,10), pois foi ela que, inspirada pelo Espírito do Senhor (Jo 16,12), a compôs. As imagens, sempre foram, em todos os tempos, um testemunho da fé. Para muitos que não sabiam ler, as belas imagens e esculturas foram como que o Evangelho pintado nas paredes ou reproduzido nas esculturas. E assim há de continuar a ser. É claro que o culto por excelência é prestado a Deus, mas isto não justifica que as imagens sejam retiradas das nossas igrejas. Ao contrário, elas nos lembram que aqueles que elas representam, chegaram à santidade por graça e obra do próprio Deus. Assim, as imagens, dão, antes de tudo, glória a Deus.

imPROCISSÃO - 1 - DESCRIÇÃO DE UMA PROCISSÃO - Levavam os sacerdotes, em procissão, o precioso andor com duas riquíssimas imagens. O povo que o via passar, com toda devoção e recolhimento juntava-se ao séquito e, em sinal de respeito, mantinha entre si e o andor uma boa distância. A procissão prosseguia vagarosamente. Todos sabiam que Deus estava ali e caminhava à sua frente. A homenagem que o povo lhe prestava era aceita por ele que, de bom grado, operava prodígios a seu favor. Tal procissão está descrita no capítulo 3 do Livro de Josué. Prostrar-se, ajoelhar-se, inclinar-se etc. nem sempre é adoração e a Bíblia mostra isto, como já tive oportunidade de citar por diversas vezes (*). Pedir intercessão e favor dos eleitos no céu também não é idolatria pois devemos ter ali muitos amigos (Lc 16,9) conforme ordena Nosso Senhor Jesus Cristo. eles nos prestarão favores na hora de nossa necessidade. Só basta ler no Evangelho. (*) - Rs 1,31; 2Rs 1,13; Ap 3, 9; Jz 7, 6; Mt 27,29; Gn 37,10; 1Sm 2,36; 2Sm 15, 5; 2Cr 24,17; Is 60,14; Gn 33, 3; Gn 48,12; Nm, 22.31; 1Sm 24, 9; 1Sam 28,14; 2Sm 1, 2;

imPROCISSÃO - 2 - Os rebelados já não podem mais falar mal das procissões. Olha só que pérola, eu achei na bíblia mutilada deles: (Salmo 42:4) "Dentro de mim derramo a minha alma ao lembrar-me de como eu ia com a multidão, guiando-a em PROCISSÃO à casa de Deus, com brados de júbilo e louvor, uma multidão que festejava". Na Bíblia católica (Salmo 41,5).

imPROIBIÇÃO - 1 - DE FAZER - Deus não proibiu toda e qualquer imagem como querem os rebelados. Pelo contrário: 1 - as mandou fazer (Êxodo 25,18; Números 21,8) 2 - as aprovou e abençoou (1 Reis 8, 10-11); 3 - operou milagres através delas (Números 21,9); 4 - permitiu que seus amigos o adorassem prostrados à frente delas (Josué 7,6).

imPROIBIÇÃO - 2 - DE TÊ-LAS - Ídolos são imagens que os idólatras julgam ser Deus ou pelo menos acreditam nelas estar alguma divindade. Exemplo: "O bezerro de ouro" do capítulo 32 de Êxodo.
Portanto aqui se refere a IMAGENS DE DEUSES como se verá adiante. Portanto TRATA-SE de ídolos e não toda e qualquer imagem. Caso contrário os protestantes não poderiam ter em casa fotografias nem sequer imaginar qualquer coisa, pois imaginar é compor imagens mentais; não poderiam também, em suas orações, imaginar Deus ou anjos à sua volta pois tudo são imagens; não poderiam pintar telas ou mesmo imprimi-las sem desobedecer o mandamento divino.
Aliás, eu já vi muitas imagens em casas de protestantes: a arca de Noé, Deus criando o Universo etc.; os adventistas têm junto de si uma grande variedade de imagens: Adão, animais. De Eva, do diabo, representando conversas indecentes, calúnias, orgulho, etc., martírio de cristãos, dos diversos pecados de adultério, homosexualismo, depravações, prostituições; de buda de Vixnu de Maria Santíssima com Jesus, do presépio, representando o batismo, Jesus caminhando sobre as águas, enfim, uma infinidade de imagens.
Todos, portanto, estão desobedecendo o mandamento de Deus... O que Deus quis dizer no versículo 4 ???
Primeiro: Se fosse proibido fazer imagens o próprio Deus não as mandaria fazer conforme se constata no capítulo 25, pois o Deus da verdade não é Deus do sim e do não ao mesmo tempo.
Segundo: o versículo 5 dá a entender que se trata de imagens de deuses: "Não te prostrarás diante desses deuses e não os servirás" A interpretação dos protestantes não tem lógica e faz de Deus um ser contraditório que numa parte proíbe qualquer tipo de imagem (segundo eles) e logo adiante as manda fazer inclusive até opera milagres através delas (serpente de bronze). E agora, o que têm a dizer os protestantes?
Terceiro - Deus diz em Êxodo 20,4: "Não farás para ti "פסל" (Lê-se 'PESEL'em hebraico, ou seja "ÊIDOLON" em grego), que se traduz por ÍDOLO e não como "IMAGEM DE ESCULTURA" ou coisa parecida.

imPROIBIÇÃO -  DE TÊ-LAS - Ídolos são imagens que os idólatras julgam ser Deus ou pelo menos acreditam nelas estar alguma divindade: Exemplo: "O bezerro de ouro" do capítulo 32 de Êxodo. Portanto aqui se refere a IMAGENS DE DEUSES como se verá adiante. Portanto TRATA-SE de ídolos e não toda e qualquer imagem. Caso contrário os protestantes não poderiam ter em casa fotografias nem sequer imaginar qualquer coisa pois imaginar é compor imagens mentais; não poderiam também, em suas orações, imaginar Deus ou anjos à sua volta pois tudo são imagens; não poderiam pintar telas ou mesmo imprimi-las sem desobedecer o mandamento divino. Aliás, eu já vi muitas imagens em casas de protestantes: a arca de Noé, Deus criando o Universo etc.; os adventistas têm junto de si uma grande variedade de imagens: Adão, animais. De Eva, do diabo, representando conversas indecentes, calúnias, orgulho, etc., martírio de cristãos, dos diversos pecados de adultério, homosexualismo, depravações, prostituições; de buda de Vixnu de Maria Santíssima com Jesus, do presépio, representando o batismo, Jesus caminhando sobre as águas, enfim, uma infinidade de imagens. Todos, portanto, estão desobedecendo o mandamento de Deus... O que Deus quis dizer no versículo 4 ??? Primeiro: Se fosse proibido fazer imagens o próprio Deus não as mandaria fazer conforme se constata no capítulo 25, pois o Deus da verdade não é Deus do sim e do não ao mesmo tempo. Segundo: o versículo 5 dá a entender que se trata de imagens de deuses: "Não te prostrarás diante desses deuses e não os servirás" A interpretação dos protestantes não tem lógica e faz de Deus um ser contraditório que numa parte proíbe qualquer tipo de imagem (segundo eles) e logo adiante as manda fazer inclusive até opera milagres através delas (serpente de bronze). E agora, o que têm a dizer os protestantes? Terceiro - Deus diz em Êxodo 20,4: "Não farás para ti "פסל" (Lê-se 'PESEL'em hebraico, ou seja "ÊIDOLON" em grego), que se traduz por ÍDOLO e não como "IMAGEM DE ESCULTURA" ou coisa parecida.

imRECONHECIDAS PELOS PROTESTANTES - "... na Ilha de Malta, na Reunião Mundial das igrejas Protestantes, foi assinado um acordo onde 92% das Igrejas Luteranas entre outras, já reconheceram que as imagens católicas não são e nunca foram ídolos. A esse respeito, sugiro a leitura do livro "História da Igreja", vol. 3, de Martin N. Dreher, Ed. Sinodal, em especial as págs. 53 a 57, já que se trata de uma editora protestante e um autor protestante, que defendem o uso de imagens nas igrejas de Deus." (FERNANDO)

imSACRILÉGIO E PROFANAÇÃO - "... sabendo que ela [a Lei] não é destinada ao justo, mas aos iníquos e rebeldes...sacrílegos e profanadores..." (1Tm 1,9)

imSERPENTE DE BRONZE - 1 - "Javé respondeu-lhe: 'FAZE UMA SERPENTE ABRASADORA E COLOCA-A EM UMA HASTE. Todo aquele que for mordido e a contemplar viverá." (Num 21,8)

imSERPENTE DE BRONZE - 2 - RECEBIA CULTO IDOLÁTRICO - "Foi ele [Ezequias] que ... reduziu a pedaços a serpente de bronze que Moisés havia feito, pois os filhos de Isarel até então ofereciam-lhe incenso: chamavam-na Noestã" (2Reis 18,4).

imTEMPLO - 1 - ANTE O - (onde havia muitíssimas imagens) - "... me prostro voltado para o teu sagrado templo" (Sl 138, 2)

imTEMPLO - 2 - DE SALOMÃO - ... a arca com as duas imagens de escultura... faltou mencionar mais duas figuras gigantescas de anjos cujas asas tinham 5 côvados cada, com idêntica dimensão de altura; também aqueles inúmeros querubins esculpidos em todas as paredes do templo tanto do lado de dentro como do lado de fora; incluindo, também, inúmeras esculturas de palmas e flores; também os querubins esculpidos nas batentes de cinco ângulos da porta do debir, juntamente com palmeiras e flores, tudo recoberto de ouro; os querubins, palmeiras e flores esculpidos nas batentes da porta de quatro ângulo do hekal; os trabalhos caprichados do competente escultor Hiram vindo de Tiro, tais como romãs (cerca de oitocentas, o Mar de bronze que repousava sobre doze touros.. etc., etc.. ) e isto numa superficialíssima pesquisa que fiz e, ainda me lembro, havia as figuras bordadas no véu do templo, os leões esculpidos no trono. Você NÃO DEVIA TER SE ESQUECIDO que lá estava também aquela figura que correspondia ao crucifixo católico!!!! Não acha que é muita escultura para quem estava proibido de esculpir qualquer tipo de imagem? Pelo que parece ninguém nada reprovou - isto porque naquele tempo ainda não existiam os modernos fariseus que recheiam as mais de 50.000 seitas que acusam de idolatria, dia e noite, a única Igreja edificada por Cristo!

imTESTEMUNHO PROTESTANTE - ANDERSON - ver: 
http://www.orkut.com/CommMsgs.aspx?cmm=2015112&tid=2517981777692368969&na=4&nst=87&nid=2015112-2517981777692368969-2519551676271573427: "...Não farás imagem esculpida [em hebraico péshel, referindo-se a ídolos], nem semelhança alguma do que há em cima nos ceús, nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não adora-las-á, nem prestar-lhes-á culto, por que eu, YHVH, teu Deus, sou Deus zeloso ["Deus que exige devoção exclusiva" ou "Deus ciumento"; em hebraico El qan.ná e em grego Theós zelotes], e que puno o erro dos pais nos filhos até sobre a terceira geração e sobre a quarta geração dos que me odeiam, mas que uso de benevolência para com até a milésima geração dos que me amam e que guardam os meus mandamentos.

imUTILIDADE1 - DAS IMAGENS - Deus mandou fabricar diversas imagens com diversos materiais tanto em forma de gente como de animais, plantas, flores e frutos. Além disso, enchendo com sua glória o Templo de Salomão ele aprovou as inúmeras imagens que ali foram colocadas. Esfinges aladas (querubins) [IMG] http://www.revista-temas.com/contacto/Images/10salomao1.jpg [/IMG] guardando a Arca da Aliança no Templo de Salomão Considerando que, de conformidade com as palavras de Cristo, se dissermos qualquer palavra inútil, disso haveremos de prestar contas, com certeza, Deus perfeitíssimo, não teria determinado que se fizesse algo de inútil. Neste caso, gostaria que os amigos foristas se manifestassem, mencionando qual seria, então, a utilidade das imagens.

imUSADAS PELOS PROTESTANTES -
imUTILIDADE - 2 - CLAUDIO [debatedor protestante] - "...as imagens devem ser queimadas, quebradas, feitas em pedaços e totalmente destruídas, porque para nada servem... "
============================
Nós mesmos, por nossa imperfeição, seremos castigados se proferirmos quaisquer palavras inúteis:
"Eu vos digo: no dia do juízo os homens prestarão contas de toda palavra vã que tiverem proferido" (São Mateus 12,36).

Deus, no entanto, sendo perfeitíssimo, certamente não haveria de fazer ou mandar fazer doisas inúteis e, muito menos ainda, prejudiciais, tal seja a escultura ou desenho de imagens. Ora, se estas imagens foram necessárias e úteis ontem, por que não são hoje? Por que, então, os protestantes, além de não as terem, criticam ferozmente quem as possui?'
'


in - INQUISIÇÃO
'


inARQUIVOS - "... ainda há pouco, foi noticiada a publicação de um livro escrito por historiadores insuspeitos, cuja edição foi encorajada pelas portas abertas do Vaticano. Veja a nota da imprensa mundial << - Atualmente, os pesquisadores têm os elementos necessários para fazer uma história da Inquisição sem cair em preconceitos negativos ou na apologética propagandista, afirma o coordenador do livro «Atas do Simpósio Internacional “A Inquisição”». No volume, Agostino Borromeo, historiador, recolhe as palestras do congresso que reuniu ao final de outubro de 1998, no Vaticano, historiadores universalmente reconhecidos e especializados nestes tribunais eclesiásticos. Isto se deve, entre outras coisas --indicou--, ao «grande passo adiante» dado pela abertura dos arquivos secretos da Congregação para a Doutrina da Fé (antigo Santo Ofício), ordenada por João Paulo II em 1998, onde se encontra uma base documental amplíssima. --Descobriu-se, só para vermos como mentem os protestantes que:-- na Inquisição da Espanha, afirmou, em referência ao tribunal mais conhecido, celebrou entre 1540 e 1700, 44.674 juízos. Os acusados condenados à morte foram 1,8% e, destes, 1,7% foi condenado em «contumácia», ou seja, pessoas de paradeiro desconhecido ou que em seu lugar se queimavam ou enforcavam bonecos. As mortes não chegaram a 100.” Total de mortes causadas por maus católicos em desobediência: “Na Espanha morreram 59 «bruxas», na Itália, acrescentou, foram 36 e em Portugal 4”. Total: 99. Isso sem o aval Papal. O Papa Alexandre III escreveu: "Mais vale absolver culpados do que, por excessiva severidade, atacar a vida de inocentes... A mansidão mais convém aos homens da Igreja do que a dureza". excluir FERNANDO H. C. Lea, o historiador que mais escreveu sobre a inquisição universal, cita 47 bulas nas quais a Santa Sé continuamente insiste na jurisprudência que deve se observar nos tribunais eclesiásticos. Alertam para não cair na violência e injustiças freqüentes dos juizes leigos. Uma instrução da Câmara Apostólica, de 1657 — então os processos de bruxaria somente se realizavam nos tribunais civis —, apresenta a advertência da Inquisição: "A Santa Inquisição confessa que os processos são longos para serem instruídos regularmente; ela censura os juizes pelas vexações, encarceramentos injustos, torturas. Muitos têm-se mostrado demasiado cruéis encarcerando pela mínima suspeita e têm aplicado a tortura apesar do malefício não ter sido provado". Fonte: ( Hansen, Zauberwahn..., op. cit., pp. 24s). A história registra: <> (Daniel-Rops, História da Igreja de Cristo, vol. III, A Igreja das Catedrais e das “Cruzadas”, Quadrante, pp. 605-606). FERNANDO Panorâmica das mortes causadas por Tribunais civis e protestantes: Enquanto que pelo lado civil e protestante: “na Suíça foram queimadas 4.000; na Polônia-Lituânia cerca de 10.000; na Alemanha 25.000 e na Dinamarca-Noruega cerca de 1.350. Ressaltemos que as mais numerosas mortes foram causadas nos citados países então protestantes, e por protestantes, alheios ao tribunal católico. Ainda segundo o novo relatório, no auge da Inquisição a Alemanha protestante matou mais bruxas e bruxos que em qualquer outro lugar, cerca de 25 mil.” (Agência Zenit, Sunday, June 20, 2004 1:17 PM) e BBC>>. Só o protestante luterano Benedict Carpzov, que se vangloriava de ter lido a bíblia 56 vezes, assinou sentença de morte de 20.000 mulheres. (Benedict Carpzov, Practica Nova Rer. Criminalium Imperialis Saxonica in 3 Partes Div., Wittenberg, 1635.), Dentro de cada região da Alemanha protestante, havia oscilações pendulares inclusive extremas, segundo os critérios subjetivos do mesmo senhor e segundo os conceitos das diversas sucessões no poder através dos anos e dos séculos. Daí a dificuldade em se calcular o número de pessoas condenadas à fogueira e à forca na Alemanha. Mas das crônicas e processos regionais que chegaram até nós cabe deduzir que as vítimas se contaram por milhares. Gardner calcula nove milhões (*). Morrow simplesmente diz que foram milhões (**). Difícil é o acesso aos documentos ocultos pelos protestantes. (*). Gerald B. Gardner, Ursprung und Wirklichkeít der Hexen, Weilheim, 1965, pp. 30s. (**). F. Morrow, no prólogo e Montagne Summers, The history of wttchcraft and demonology, 2a ed., Nova Iorque, 1956. Até quando o protestantismo vai silenciar, diante de tamanho genocídio??? inBRUXAS - A "Caça às Bruxas" na Europa começou no fim da Idade Média e foi um fenómeno religioso e social da Idade Moderna. A situação assumiu tamanha dimensão, também devido às populações sofrerem frequentemente de maus anos agrícolas e de epidemias, resultando elevada taxa de mortalidade, e dominadas pela supestição e pelo medo. A maior parte das vítimas foram julgadas e executadas entre 1550 e 1650. A quantidade de julgamentos e a proporção entre homens e mulheres condenados poderá variar consideravelmente de um local para o outro. Por outro lado, 3/4 do continente europeu não presenciou nem um julgamento sequer. A maioria das vítimas foram julgadas e executadas por tribunais seculares, sendo os tribunais locais, foram de longe os mais intolerantes e cruéis. Por outro lado, as pessoas julgadas em tribunais religiosos recebiam um melhor tratamento, tinham mais chances de poderem ser inocentadas ou de receber punições mais brandas. O número total de vítimas ficou provavelmente por volta dos 50 mil, e destes, cerca de 25% foram homens. Mulheres estiveram mais presentes que os homens, e também enquanto denunciantes, e não apenas como vítimas. A maioria das vítimas eram parteiras ou curandeiros; mas a maioria não era bruxa. A grande maioria das vítimas eram da religião cristã, até porque a população pagã na Europa na época da Caça às Bruxas, era muito reduzida. http://pt.wikipedia.org/wiki/Bruxaria
'
'
inESTASTÍSTICA - 70 MILHÕES DE VÍTIMAS - "ESSE SUJEITO PARECE QUE BEBE. COMO A DISNEILANDIA DELE É MAIS EXAGERADA QUE AS DOS OUTROS PROTESTANTES, AÍ EU VOU PRÁ GALERA, COM ESSE FESTIVAL DE LOROTAS ANTI-HISTÓRICAS, QUE DEIXA O PAI DA MENTIRA MORRENDO DE INVEJA. desmoralizamo-lo: o grande historiador Agostino Borromeu, constatou que dos 125.000 processos de sua história, a Inquisição espanhola condenou à morte 59 pessoas, longe do aval do Papa. Ou seja, condenou-se apenas 1,8% e destes, 1,7% eram bonecos queimados em lugar dos ausentes. Os tribunais eclesiásticos foram muito mais indulgentes, que os civis e protestantes que mataram 25.000 só na Alemanha, (sendo o matador recordista o luterano Benedict Carpzov que matou 20.000 mulheres), (Agência Zenit, Sunday, June 20, 2004 1:17 PM).
'
inESTATÍSTICA DE MORTOS - Estudos recentes fornecidos por Rino Camillieri, autor do livro La Vera Storia dell Inquisizione, ed. PIemme, Casale Monferrato, 2.001: Camillieri afirma que em 50.000 processos levados a efeito pela inquisição apenas uma ínfima parte levaram à condenação à morte, e dessas só uma pequeníssima minoria conduziu efetivamente a execuções (Cfr. op. cit , p. 17). Diz ainda o autor que na principal cidade medieval - centro da heresia cátara que atormentou a vida dos católicos por quase duzentos anos, com saques, assassinatos, detruições de Igrejas, conventos, castelos etc. - , em um século, houve apenas 1% de sentenças à morte (Cfr. Op cit. p. 36). Outro autor dá o número total de condenações à morte em Toulouse, durante 100 anos: 42 sentenças. Particularmente considero uma temeridade o fornecimento de um número exato uma vez que não é conhecido por nenhuma fonte histórica, mas considerando as bases fornecidas pelo autor o número de mortos não pode ser muito superior ao apresentado. inJUDEUS "MARRANOS" - Os judeus que se convertiam ao cristianismo o faziam pelo fato de que somente cristãos eram aceitos para trabalhar nas cortes imperiais, somente cristãos podiam ter títulos de nobreza, e por aí vai. Também sofriam vários tipos de preconceito por parte de cristãos (e não da Igreja). Seria mais ou menos como se um negro nos EUA pudesse se transformar em branco na época do apartheid norte-americano. A inquisição, repito, não trazia aos tribunais nenhum judeu ou muçulmano (aliás, muitos muçulmanos também fingiam uma conversão para obter tais vantagens). Como não apostatavam de fato de suas respectivas crenças, eram julgados como cristãos, pois para a Igreja quem se batiza em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, é cristão. E eram julgados por heresia por ensinarem e crerem, como os judeus crêem até hoje, que os cristãos são idólatras, adoram a criatura no lugar do criador (e se referem a Cristo, e não aos santos), e que são apenas animais em forma de seres humanos (como ensina o Talmud). A senhora pode ler sobre isso também em ""Nós, Judeus", de George Sokolsky; "História do Judaísmo", de Salo Wittmayer Baron; "Vallentine's Jewish Encyclopedia", de Cecil Roth;(todos autores judeus). Todos nós Igreja, unidos a Cristo somos co-redentores, da humanidade, LG. Maria também. Por isso se chama Maria de co-redentora da humanidade, assim como qualquer santo, esteja vivo ou plenamente em comunhão com o Senhor. E foi Cristo quem nos chamou a ser co-redentores quando nos diz: ide e ensinai o Evangelho a todas as nações. A missa é o ápice da fé católica, pois na missa, desde os primórdios do cristianismo, recebemos Cristo, que está presente no pão e no vinho consagrados. É o pão vivo que desce do céu. Aliás, foi Ele quem institiu a Eucarisitia, ainda pedindo que o fizéssemos em memória Dele. Suas outras perguntas, acredito que com um simples: e prá que a Bíblia me serve? bastaria para respondê-las. O fato de amarmos e respeitarmos os santos e amigos de nosso Senhor não tornam o Seu sacrifício "inválido", LG. Apenas mostra que O imitamos...

inJUDEUS "MARRANOS" - Os judeus que se convertiam ao cristianismo o faziam pelo fato de que somente cristãos eram aceitos para trabalhar nas cortes imperiais, somente cristãos podiam ter títulos de nobreza, e por aí vai.
Também sofriam vários tipos de preconceito por parte de cristãos (e não da Igreja). Seria mais ou menos como se um negro nos EUA pudesse se transformar em branco na época do apartheid norte-americano. A inquisição, repito, não trazia aos tribunais nenhum judeu ou muçulmano (aliás, muitos muçulmanos também fingiam uma conversão para obter tais vantagens). Como não apostatavam de fato de suas respectivas crenças, eram julgados como cristãos, pois para a Igreja quem se batiza em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, é cristão. E eram julgados por heresia por ensinarem e crerem, como os judeus crêem até hoje, que os cristãos são idólatras, adoram a criatura no lugar do criador (e se referem a Cristo, e não aos santos), e que são apenas animais em forma de seres humanos (como ensina o Talmud).
A senhora pode ler sobre isso também em ""Nós, Judeus", de George Sokolsky; "História do Judaísmo", de Salo Wittmayer Baron; "Vallentine's Jewish Encyclopedia", de Cecil Roth;(todos autores judeus).
Todos nós Igreja, unidos a Cristo somos co-redentores, da humanidade, LG. Maria também. Por isso se chama Maria de co-redentora da humanidade, assim como qualquer santo, esteja vivo ou plenamente em comunhão com o Senhor. E foi Cristo quem nos chamou a ser co-redentores quando nos diz: "ide e ensinai o Evangelho a todas as nações...". A missa é o ápice da fé católica, pois na missa, desde os primórdios do cristianismo, recebemos Cristo, que está presente no pão e no vinho consagrados. É o pão vivo que desce do céu. Aliás, foi Ele quem institiu a Eucarisitia, ainda pedindo que o fizéssemos em memória Dele. Suas outras perguntas, acredito que com um simples: e prá que a Bíblia me serve? bastaria para respondê-las. O fato de amarmos e respeitarmos os santos e amigos de nosso Senhor não tornam o Seu sacrifício "inválido", LG. Apenas mostra que O imitamos...
'
inMATANÇA - DIVERGÊNCIAS - Fico imaginando de onde vem tanta imaginação para caluniar a Igreja "50.000.000 de pessoa (que a Igreja(?) matou em 1200 anos)", já os bruxo em seu site http://www.casadobruxo.com.br/textos/inquisicao.htm diz que a Igreja(?) matou 9 milhões de bruxos!!!

inPROTESTANTE - 1 BENEDICT CAPZOV - " ... o luterano Benedict Carpzov admitiu ter determinado a execução de, pelo menos, 20 mil pessoas, na Saxônia. Com o gradual declínio da crença na existência do diabo, o medo às feiticeiras abrandou. E, com isso, não houve mais necessidade de mandar queimar, para salvar a alma do acusado".

inPROTESTANTE - 2 - CRIMES DOS EVANGÉLICOS -
- Pelas 20.000 mortes cometidas pelo luterano BENEDICT CARPZOV;
- Pelas 9 milhões de mortes causadas pelos protestantes na Alemanha;
- Pelas 900 mortes causadas pelo pastor JIN JONES nas GUIANAS;
- Pela morte dos Jesuítas causadas pelos calvinistas assassinos;
- Pelo tráfego de escravos marcados no peito a ferro em brasa com o nome das DENOMINAÇÕES PROTESTANTES;
- Pelos roubos da BANCADA EVANGÉLICA SANGUESSUGA;
- pela pura e simples eliminação dos nobres povos indígenas norteamericanos aos quais os puritanos consideravam como animais sem alma;
- pelo martírio, executado pelos Calvinistas de maneira crudelíssima, dos 150 brasileiros católicos em Cunhaú e Uruaçu no Rio Grande do Norte.
- pela execução dos mais de 50.000 camponeses alemães sublevados por Lutero sendo o mesmo que instigou aos príncipes alemães a os matarem como se fossem cães.
- pelas terríveis execuções determinadas por Calvino que, proporcionalmente à área de sua influência matou mais gente que o terror da Revolução Francesa.

inPROTESTANTE - 3 - INSTITUIÇÃO - "Lutero começou ensinando: a igreja exterior é coisa do Diabo. Jesus Cristo trabalha é interiormente e nem de longe se pode pensar em igreja e em bispos. No entanto, Lutero compreendeu logo não ser durável tal coisa, sendo necessário haver, ao menos algum elemento visível na sua instituição. Daí proveio a sua segunda concepção:a duma igreja do povo, um conjunto invisível de fiéis sob a proteção visível do estado. A desilusão não se fez esperar e Lutero viu logo não poder contar com o povo, para seguir a sua coutrina, nem possuia bastante autoridade para a ele impor suas idéias caprichosas. Excitar a revolta é fácil... obter a calma e obediência de um povo insubmisso é dificílimo. Pela tercleira vez Lutero mudou de parecer e em 1526 pretendeu organizar uma igreja nacional, sob a direção imediata do poder temporal. Tal projeto, comunicado pelo inovador aos vários príncipes alemães, grangeou necessariamente a simpata de muitos deles. A Igreja possuia grandes bens na Alemanha; desta sorte, a perspectiva de poderem apoderar-se de tudo o que ela possuia era para as autoridades um fator importante, para aceitarem a fundação da igreja do estado. Lutero pediu aos príncipes organizassem a visita religiosa às diversas igrejas, para obrigar o povo a "adotar o Evangelho". Em 1527, sob a direção do reformador, o príncipe João de Saxe, publicou a "instrução regulamentando tal inspeção, reservando-se autoridade imediata sobre as coisas espirituais. A igreja nacional tornou-se uma igreja de força, pois a autoridade civil podia coagir os seus súditos a abraçar a religião que ela mesmo professava "CUJUS REGIO, ILLIUS ET RELIGIO". A visita pastoral civil realizou-se pela primeira vez, em 1527, suscitando queixas e lamentos em toda parte. Para evitar abusos, foi inventado o cargo de superintendentes, confiado geralmente aos pastores das grandes cidades, com o fim de exercer uma vigilância geral sobre a doutrina e a moral. Na instrução dos visitadores, em 1527, mencionou-se uma INQUISIÇÃO CONTRA LEIGOS; e esta organização não foi letra morta, pois em 1529, em REINHARDESBRUNN foram condenados à morte seis pessoas, por terem abjurado a doutrina de Lutero. Este fato fez o protestante WAPPLES escrever: "OS PRINCÍPIOS DA LIBERDADE EVANGÉLICA, TÃO APREGOADA POR LUTERO, FORAM VERGONHOSAMENTE CONTRARIADOS POR ESTA INQUISIÇÃO DE LEIGOS" (Grisar III, 745). Eis já um ponto que começa a sobressair nítido, na balbúrdia das doutrinas luteranas. A igreja reformada, dependente do governo, devia ser visitada por duas autoridades: um visitador leigo, em nome do governo, e um superintendente, eleito pelos fiéis, para manter a doutrina. Era uma contradição flagrante: a igreja dependente do estado; e este podendo obrigar o povo a adotar a religião por ele professada; e o superintendente encarregado de manter a unidade da fé e da moral. São duas autoridades em oposição e luta; são os dois Senhores a serem servidos, o que é contrário aos ensinamentos de Jesus Cristo. Lutero quis fundar uma igrejola sobre uma base diferente da Igreja Católica; e tal fundamento, como se vê, era o poder civil... obra humana, política... oposta à obra do Divino Mestre. Basta este início, para se ver que no protestantismo tudo é HUMANO, puramente humano, sem um vestígio sequer de sobrenatural, a nos indicar o céu.

inPROTESTANTE - 4 - MASSACRE EM CUNHAÚ E URUAÇU - RN - AMI VERAS - [debatedora protestante]: "... La llevaron a la cámara de tortura y le ordenaron que dijese la verdad, y ella dijo que no tenía nada que decir. Le ordenaron ... "

====================================


Ami Veras não tem argumentos. Vive caçando aqui ou acolá qualquer tranqueira com que possa denegrir a verdadeira e única Igreja instituída por Cristo sobre KEPHAS.

Na verdade ela se esquece das matanças perpretadas pelos senhores protestantes inclusive o que fizeram aqui mesmo em nossa pátria da qual pretendiam surrupiar um bom pedaço de nosso território.

Estou passando-lhes a foto [img]http://memoriaviva.digi.com.br/cascudo/blog/cunhau.jpg[/img] da capela de Cunháu-RN, onde os protestantes trucidaram setenta católicos que pacificamente assitiam à santa missa.

"Fiquei com Edgar Barbosa, perdão, com o Juiz de Direito Edgar Barbosa trocando mágoas pelo abandono das ruínas. E acalorados fizemos pacto de uma campanha obstinada pela defesa das ruínas, duplamente sagradas pelo heroísmo da Fé e do Martírio, até que se estabeleça a capelinha modesta e para ela volte, em lenta procissão romântica, a doce Nossa Senhora das Candeias, que testemunhou o massacre de 16 de julho de 1645" (Luís da Câmara Cascudo - Diário de Natal, 3 de dezembro de 1949".
Quinze dias depois foi [img]

http://www.santosdobrasil.org/pub/news/4f80cefe1a46544899c735eb3374bcc4.jpg[/img]a vez de

Uruaçu. A imagem que estão vendo é a Capela de Nossa Senhora das Candeias (é a capela do Martírio de Cunhaú), da paróquia de Canguaretama, RN.

Eram cerca de 80 pessoas, todas católicas. Por isto mesmo, foram obrigadas e se despirem a colocarem-se de joelho. Os invasores, os bondosos protestantes, passaram, então, a amputar-lhes os membros, pedacinho por pedacinho a fim de lhes proporcionar a maior sofrimento possível. De alguns cortava-se a língua e no seu lugar, colocavam o pênis da própria vítima.

Nem vou falar da matança que fizeram Cavino em sua pequenina Suissa, Henrique VIII, os bons protestantes da América do Norte que dizimaram os índios daquele país. Como cúmulo de crueldade basta dizer que se pagava ricamente por qualquer escalpo de indígenas fossem guerreiros, velhos, mulheres ou crianças. Alguém já assistiu o filme "AS BRUXAS DE SALÉM"?

E agora me vem a Ami falar da Inquisição católica esquecendo-se de que foram eles mesmos que obrigaram as autoridades a instituir tal órgão, para conter a onde de devastações, saques que certas seitas vinham perpretando por quase duzentos anos... foi mesmo muita paciência!!!![/b][/size].

inPROTESTANTE - 5 - ORÍGEM SANTÂNICA - "A origem satânica das seitas protestantes - COMO SE EXPANDIU A "REFORMA" NO SÉCULO XVI E XVII? Autor: Udson Rubens Correia - Transmissão: Paulo Henrique Oliveira A "reforma protestante" se expandiu rapidamente porque foi imposta de cima para baixo sem exceção em todos os países em que logrou vingar. O povo foi obrigado a "engolir" as novas doutrinas porque os reis e príncipes cobiçavam as terras e bens materiais da Igreja Católica. Infelizmente nesta época a Igreja era rica de bens materiais e pobre de bens espirituais. Foi com os olhos postos nesta riqueza mundana que os soberanos "escolheram" para si e para seu povo as doutrinas dos novos evangelistas, esquecidos de que todo ouro, terra ou prata se enferruja e fenece conforme ensina a escritura: "O vosso ouro e a vossa prata estão enferrujados e a sua ferrugem testemunhará contra vós e devorará as vossas carnes" ( Tg 5, 2-3 ). Prova isto o fato de que as primeiras providências eram recolher ao fisco real tudo o que da Igreja Católica poderia se converter em dinheiro. INGLATERRA: foi "convertida" na marra porque o rei Henrique VIII queria se divorciar de Ana Bolena. Como a Igreja não consentiu, ele fundou a "sua" igreja obrigando o parlamento a aprovar o "ato de supremacia do rei sobre os assuntos religiosos". Padres e bispos foram presos e decapitados, igrejas e mosteiros arrasados, católicos aos milhares foram mortos. Qualquer aproveitador era alçado ao posto de bispo ou pastor. Tribunais religiosos (inquisições) foram montados em todo o país. ( Macaulay. A História da Inglaterra. Leipzig, tomo I, p. 54 ). Os camponeses da Irlanda pegaram em armas para defender o catolicismo. Foram trucidados impiedosamente pelos exércitos de Cromwell. Ao fim da guerra, as melhores terras irlandesas foram entregues aos ingleses protestantes e os católicos forçados à migrar para o sul do continente. Cerca de 1.000.000 de pessoas morreram de fome no primeiro ano do forçado exílio. Esta guerra criou uma rivalidade entre ingleses protestantes e irlandeses católicos que dura até hoje, e volta e meia aparecem nos noticiários. ESCÓCIA: O poder civil aboliu por lei o catolicismo e obrigou todos a aderir à igreja "calvinista presbiteriana". Os padres permaneceram, mas tinham de escolher outra profissão. Quem era encontrado celebrando missa era condenado à morte. Católicos recalcitrantes foram perseguidos e mortos, igrejas e mosteiros arrasados, livros católicos queimados. Tribunais religiosos (inquisições) foram criados para condenar os católicos clandestinos (Westminster Review, Tomo LIV, p. 453 ). DINAMARCA: O protestantismo foi introduzido por obra e graça de Cristiano II, por suas crueldades apelidado de " o Nero do Norte". Encarcerou bispos, confiscou bens, expulsou religiosos e proclamou-se chefe absoluto da Igreja Evangélica Dinamarquesa. Em 1569 publicou os 25 artigos que todos os cidadãos e estrangeiros eram obrigados a assinar aderindo à doutrina luterana. Ainda em 1789 se decretava pena de morte ao sacerdote católico que ousasse por os pés em solo dinamarquês (Origem e Progresso da Reforma, p. 204, Editora Agir, 1923, em IRC ). SUÉCIA: Gustavo Wasa suprimiu por lei o Catolicismo. Jacopson e Knut, os dois mais heróicos bispos católicos foram decapitados. Os outros obrigados a fugir junto com padres, diáconos e religiosos. Os seminários foram fechados, igrejas e mosteiros reduzidos a pó. O povo indignado com tamanha prepotência pegou em armas para defender a religião de seus antepassados. Os Exércitos do "evangélico" rei afogaram em sangue estas reivindicações (A Reforma Protestante, p. 203, 7ª edição, em IRC, 1958 ). SUIÇA: O Senado coagido pelo rei aprovou a proibição do catolicismo e proclamou o protestantismo religião oficial. A mesma maldade e vileza ocorreram. Os mártires foram inumeráveis ( J. B. Galiffe. Notices génealogiques, etc., tomo III, p. 403 ). HOLANDA: Aqui foram as câmaras dos Estados Gerais a proibir o catolicismo. Com afã miserável tomaram posse dos bens da Igreja. Martirizaram inúmeros sacerdotes, religiosos e leigos. Fecharam igrejas e mosteiros. A fama e a marca destes fanáticos chegou até ao Brasil. Em 1645 nos municípios de Canguaretama e São Gonçalo do Amarante ambos no atual Rio Grande do Norte cerca de 100 católicos foram mortos entre dois padres, mulheres, velhos e crianças simplesmente porque não queriam se "batizar" na religião dos invasores holandeses. Foram beatificados como mártires este ano. Em 1570 foram enviados para o Brasil para evangelizar os índios o Pe. Inácio de Azevedo e mais 40 jesuítas. Vinham a bordo da nau "S. Tiago" quando em alto mar os interceptou o "piedoso" calvinista Jacques Sourie. Como prova de seu "evangélico" zêlo mandou degolar friamente todos os padres e irmãos e jogar os corpos aos tubarões (Luigi Giovannini e M. Sgarbossa in Il santo del giorno, 4ª ed. E.P, p. 224, 1978). ALEMANHA: Na época era dividida em Principados. Como havia muito conflito entre eles, chegaram no acordo que cada Príncipe escolhesse para os seus súditos a religião que mais lhe conviesse. Princípio administrativo do "cujus regio illius religio". Os príncipes não se fizeram rogar. Além da administração mundana, passaram também a formular e inventar doutrinas. A opressão sangrenta ao catolicismo pela força armada foi a consequência de semelhante princípio. Cada vez que se trocava um soberano o povo era avisado que também se trocavam as "doutrinas evangélicas" (Confessio Helvetica posterior ( 1562 ) artigo XXX ). Relata o famoso historiador Pfanneri: "uma cidade do Palatinado desde a Reforma, já tinha mudado 10 vezes de religião, conforme seus governantes eram calvinistas ou luteranos" ( Pfanneri. Hist. Pacis Westph. Tomo I e seguintes, 42 apud Doellinger Kirche und Kirchen, p. 55). ESTADOS UNIDOS: Para a jovem terra recém descoberta fugiram os puritanos e outros protestantes que negavam a autoridade do rei da Inglaterra ou da Igreja Episcopal Anglicana. Fugiram para não serem mortos. Ao chegarem na América repetiram com os indígenas a carnificina que condenavam. O "escalpe" do índio era premiado pelo poder público com preços que variavam conforme fossem de homem maduro, velho, mulher, criança ou recém-nascido. Os "pastores" puritanos negavam que os peles vermelhas tivessem alma e consideravam um grande bem o extermínio da nobre raça. EM RESUMO: Nenhum país cuja maioria hoje é protestante foi convertida com a Bíblia na mão. Foram "convertidos" a fogo e ferro, graças à ambição dos reis e príncipes. Exceção é feita no presente século onde a tática mudou. Agora o que ocorre é uma invasão maciça de seitas de todos os matizes, cores e sabores financiados pelos EUA. Pregam um cristianismo fácil, recheado de promessas de sucessos financeiros instantâneos ou quando não, promovem como saltimbancos irresponsáveis shows de exorcismos e curas às talargadas. Antes matava-se o corpo. Hoje estraçalha-se a razão e o bom senso.

inPROTESTANTE - 6 - ROMA INVADIDA - "os soldados protestantes do Imperador Carlos V invadiram e saquearam Roma, em 1527, promovendo " O MAIOR MASSACRE DA HUMANIDADE, QUE SUPEROU EM ATROCIDADES A TOMADA DE CONSTANTINOPLA", segundo Maurice Andreux. Gritavam os protestantes matando e estuprando: " VIVA LUTERO, O NOSSO PAPA!!!
Isso sem contar o massacre de Passy, as atrocidades que eles cometeram na Inglaterra, nos Reinados de Henrique VIII e de Isabel, a Rainha "Virgem" com 11 amantes, no tempo de Cromwell, etc.
Mesmo na Revolução Francesa, os protestantes apoiaram as leis contra a Igreja Católica, que acabaram por levar centenas de milhares de católicos a morte na guilhotina, por fuzilamento e outros meios terríveis. (DEMAPRO-1).

inPROTESTANTE - 7 - VER heCRIMES DOS EVANGÉLICOS

inPROTESTANTE - 8 - VÍTIMAS BRASILEIRAS - Foram cerca de 150 mártires brasileiros trucidados pela fúria protestante sendo 70 no Município de Canguaretama (RN) no engenho de Cunhaú e 80 da comunidade de Uruaçu (18 km de Natal). A selvageria foi, na realidade, inenarrável. O lavrador Mateus Moreira teve seu coração arrancado pelas costas enquato gritava: "Louvado seja o Santíssimo Sacramento!". Os santos evangélicos fizeram com que suas vítimas, completamente nuas, se ajoelhassem e daí começaram vagarosamente a amputar-lhes membro por membro, pedacinho por pedacinho com a finalidade de provocar-lhes o máximo de sofrimento e humilhação até que lhes sobreviesse a morte. A alguns cortaram-lhes a língua e no seu lugar colocaram o pênis da própria vítima. Pois é, esta praga que foi finalmente expulsa de nosso país graças ao heroísmo do povo brasileiro, está voltando. É uma invasão diferente, sem armas, na base da corrupção da fé do povo brasileiro, da mentira e das falsas promessas. Satanás, de fato, tem grande poder.

inSENTENÇAS DE MORTE - Rino Camillieri, autor do livro La Vera Storia dell Inquisizione, ed. PIemme, Casale Monferrato, 2.001, afirma que em 50.000 processos inquisitoriais uma ínfima parte levaram à condenação à morte, e dessas só uma pequena minoria produziu efetivamente execuções. (Cfr. op. cit , p. 17). Diz ainda esse autor que na principal cidade medieval --centro da heresia cátara-- , em um século, houve apenas 1% de sentenças à morte (Cfr. Op cit. p. 36).




IR PARA: <-^->

.

2 comentários:

Anônimo disse...

boa tarde meu amigo:
creio que nao entende o que é adoraçao.
como disse acima, sobre Deus nao ter proibido a contruçao de imagens, se engana.
em exodo 20 um dos mandamentos é:
nao faras para ti imagens de escultura.
nem a elas servirae nem a adoraras, pois eu sou Deus zeloso que visito a maldade dos pais nos filhos ate a terceira e quarta geraçao daqueles q me aborrecem.
a arca da aliança foi feita com o proposito de adorar a Deus, em nenhum momento na biblia sagrada vc encontra uma adoraçao aos querubins que estao sobre a tampa do propiciatorio (onde Deus nos é propicio)
a arca da aliança era uma alusao pra o que viria alguns seculos depois.
quando o sumo sacerdote aspergia o sangue no propiciatorio Deus falava entre os querubins.
todo o ritual era para a purificaçao do homem atrazes do sangue perante Deus e nao perante as imagems dos querubins.
e a serpente no deserto.
era pra quem pudese ver a imagem da serpente seria curado
creio que nao notou a diferença das palavras em ver e adorar.
tanto é que se a voça ilustrisima pessoa continuar lendo o livro de reis vera q quando o povo começou a adorar a imagem da serpente, o q foi feito?
a imagen foi destruida e todos os que estavam adorando a mesma foi morto.

se Deus permitise tal pecado seria invalido o maior dos mandamentos.
(amar a Deus sobre toas as coisas)

OSWALDO disse...

O que se encontra em Êxodo 20,4 não é o proibição de toda e qualquer imagem, uma vez que Deus as mandou fazer. A tradução "Imagem esculpida" para o termo hebraico "Fessel" está errada, tendo em vista que esta palavra deve ser traduzida por ídolo, ou, quando muito, por "imagem esculpida" dando a entender que se trata de ídolo conforme se vê na tradução da Bíblia de Jerusalém.

.............................CABEÇALHO
------------------------------------------------------------------------------



1) - ANOTAÇÕES APOLOGÉTICAS (27 Páginas)



2) -
MENTIRAS PROTESTANTE (Vai para outro site)



3) - ARTIGOS DIVERSOS



------------------------------------------------------------------------------